Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Prefeitura nega denúncia na internet que tenha degradado área ambiental

.

Área degradada no Loteamento Casagrande (Foto: WhatsApp)
Área degradada no Loteamento Casagrande (Foto: WhatsApp)

Fotos de uma área degradada denunciando que a Prefeitura de Ivaiporã teria cometido crime ambiental, realizando corte de árvores e retirada de terra no Horto Florestal Mata do Plácidio repercutiu hoje (13), nas mídias sociais em Ivaiporã. A reportagem da Tribuna do Norte, procurou o Departamento Municipal de Meio Ambiente, que negou qualquer envolvimento de setores da Prefeitura, e informou ainda que a área degradada não pertence ao Horto Florestal, e sim uma área de preservação do loteamento Casagrande.

Conforme o gestor ambiental Valdinei Szlapak, do Departamento de Meio Ambiente, o crime ambiental foi denunciado no último dia 28 pela própria Prefeitura ao BPAmb-FV  2ª  CIA 3º  Pelotão de Apucarana. “Assim que recebemos a denúncia anônima fomos ao local e constatamos a retirada de um montante de terra considerado grande e o desmatamento de algumas árvores. Entramos em contato com a Policial Florestal, onde foi realizado as diligências na área danificada e constatado o crime ambiental”.

Departamento de Meio Ambiente fez a denuncia a Polícia Florestal dia 28. (Foto: Prefeitura Divulgação)  

Ainda segundo Szlapak, quando ocorreu a denúncia ao Departamento de Meio Ambiente não foi apontado o autor do crime ambiental. “A pessoa que denunciou não soube precisar o autor da degradação. O que houve foram comentários que teria sido a Prefeitura. Fizemos levantamentos e conversamos com todos os setores, sendo que todos responsáveis pelos setores negam qualquer envolvimento no caso. Também registramos Boletim de Ocorrências na Delegacia de Polícia, mas até o momento, não conseguimos apurar o verdadeiro autor”. 

Szlapak relata ainda que o Departamento de Meio Ambiente tem projeto para a recuperação da área degradada, e quando for localizado o infrator, ele será responsabilizado e deverá arcar com todos os custos.  “O que não pode acontecer é deixar a área como está. Isso, significa que o Departamento de Meio Ambiente por determinação do prefeito Miguel Amaral está trabalhando para localizar o infrator. Creio que dentro de mais alguns dias estaremos concluindo os levantamentos, e pode ter certeza que o responsável por esta barbaridade será penalizado com o rigor da lei”. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber