Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Campeões pan-americano e sul-americano disputam JAPS

.

Os jogos estão sendo disputados na Arena do Parque Ambiental Jardim Botânico (aqueline Galvão/Esporte Paraná)
Os jogos estão sendo disputados na Arena do Parque Ambiental Jardim Botânico (aqueline Galvão/Esporte Paraná)

A arena do Parque Ambiental Jardim Botânico, um dos cartões postais de Ivaiporã, emprestou seu cenário para ser palco das disputas de handebol de areia na fase final do 62º Jogos Abertos do Paraná (JAPS). Na rodada de abertura, 14 partidas foram realizadas neste sábado (24.08), apresentando o que há de melhor da modalidade no Estado. 

Com duas vitórias, a equipe de Londrina já garantiu a classificação à semifinal em sua primeira participação na competição. “Viemos para participar, com o intuito de fortalecer a modalidade em Londrina. Pra nós é legal vir aqui e conseguir um resultado como esse”, declarou o treinador Vinicius Garcia. 

“Estamos iniciando um trabalho pelo Instituto Internacional Hand Brasil, em Londrina não se conhecia o handebol de areia, então nossa ideia é massificar para aos poucos introduzir nas categorias de base, até porque é onde vamos buscar novos talentos. Nosso objetivo aqui é adquirir experiência com nossos atleta para fazer a modalidade crescer”, complementou o técnico-atleta Leandro Vinícius Floriano.

Um dos destaques da equipe é o pivô Pablo Henrique Rodrigues Pires. Atual campeão pan-americano juvenil, ele disputou no início de agosto o Mundial da Macedônia, encerrando a participação do Brasil em 11º lugar entre as 24 seleções participantes. “Quando soube da minha convocação fiquei muito emocionado, porque batalhei bastante pra chegar a Seleção Brasileira. Disputar o Mundial foi uma experiência única, fantástica, tudo que aprendi tento passar aos meus colegas de time”, disse o camisa 10, que joga handbeach apenas há cinco anos.

Natural de Tailândia, no Pará, Pablo atua há duas temporadas pelo Londrina, clube que desponta como uma jovem promessa da modalidade. Antes, teve uma rápida passagem pelo Adena. “Metade de tudo que eu sei hoje é resultado do que os técnicos Leandro e Jean me ensinaram, evoluí muito desde que estou jogando aqui no Paraná, um Estado que me recebeu muito bem e me deu a oportunidade de jogar em clube como Londrina”, destacou.

Atual detentor do título da 1ª etapa na Copa Paraná e 4º colocado no Circuito Brasileiro, a equipe de Paranaguá também assegurou a vaga à próxima fase. No elenco está o pivô Vinicius Forigo, campeão sul-americano com a Seleção Brasileira de Handbeach, quatro vezes eleito o melhor atleta e três vezes artilheiro do Paraná, octacampeão paranaense e hexacampeão dos Jogos Abertos. “Treinei muito, não se conquista nada nem esforço, dedicação. Tudo que conquistei, tanto os títulos pessoais como em equipe, as convocações para a Seleção Brasileira e a minha faculdade em Educação Física foi a Ahpa que me proporcionou”, ressaltou.  

Em sua segunda participação na disputa, o selecionado feminino de Entre Rios do Oeste está a um jogo de garantir a classificação à semifinal. Com duas vitórias em dois jogos, o time do Oeste enfrenta neste domingo (25.08), às 10h, Foz do Iguaçu. “Esse resultado é inesperado, não esperávamos ganhar estes jogos, viemos com uma equipe bem nova, até um dia antes da competição estávamos sem equipe, conseguimos a liberação de uma atleta e viemos pra participar da competição, pra tentar fomentar a modalidade em nosso município, mas a equipe se superou e estamos próximo de chegar a semifinal”, enfatizou a goleira e técnica Sheila Wayhs. 

Com uma vitória e uma derrota, Cascavel busca a classificação diante de Paranavaí, que está fora da “briga” por não ter vendido nenhum jogo. “A competição de handebol de areia feminina é muito equilibrada, são os detalhes que fazem a diferença. Das oito equipes que estão aqui não tem favorita, nós vamos jogo a jogo, passo a passo pra tentar buscar o título novamente”, frisou o técnico Derli Stein, que conquistou a medalha dourada em 2017 e na última edição ficou com o bronze. 



O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber