Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Prefeito decreta luto oficial de 3 dias pela morte do delegado Gustavo Dante

.

Gustavo Dante, na época delegado da 54ª DRP em Ivaiporã (Foto: Lucia Lima)
Gustavo Dante, na época delegado da 54ª DRP em Ivaiporã (Foto: Lucia Lima)

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, manifesta profundo pesar pela morte do delegado Gustavo Dante da Silva, 40 anos, e decreta luto oficial de 3 dias no município. Gustavo Dante morreu neste sábado, dia 3 de agosto, na cidade de Ribeirão Preto (SP), onde estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital São Lucas. O delegado passou por exame de tomografia e não resistiu. 

Em junho de 2017, o delegado Gustavo Dante recebeu o Título de Cidadão Honorário, atribuído pela Câmara de Vereadores, pelos relevantes servidos prestados na Comarca de Ivaiporã.

Gustavo Dante, que foi chefe da 54ª Delegacia de Polícia Civil de Ivaiporã, entre 2013 e 2018, morreu em decorrência da tentativa de suicídio, ocorrida na terça-feira, dia 30 de julho, por volta das 19h30, quando atirou na própria cabeça. O delegado estava na casa pai Humberto Otoni da Silva, que reside em Ribeirão Preto. 

Gustavo Dante permaneceu internado em estado gravíssimo no Hospital São Lucas, onde passou por cirurgia, teve 3 paradas cardiorrespiratória, na quarta-feira, dia 31 de julho, não resistindo aos ferimentos. 

Conforme a família o delegado fazia tratamento contra depressão, há cerca de 3 meses, com especialista em Londrina. No entanto, decidiu ir ao Estado de São Paulo em busca de acompanhamento, após passar 4 noites sem dormir. 

Gustavo Dante ingressou na Polícia Civil em 2008 e chefiou as Delegacias de Reserva, Faxinal, Marilândia do Sul e Ivaiporã, onde permaneceu por 5 anos. No dia 31 de janeiro, Gustavo Dante assumiu a chefia da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana – por indicação do delegado José Aparecido Jacovós, que foi chefe da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana e eleito deputado estadual. 

A Portaria 0201 da Divisão Policial do Interior, determinando a transferência do delegado Gustavo Dante para Apucarana, foi assinada pelo delegado geral da Polícia Civil do Estado do Paraná, Silvio Jacob Rockembach, que participou da sessão solene de mudança de chefia, no dia 31 de janeiro, em Apucarana. 

Filho de Humberto Otoni da Silva e Ilza Dante, o delegado Gustavo Dante era casado com Fernanda Sanches de Souza Dante – pais dos gêmeos Victor e Valentina (5 anos). 

“O delegado Gustavo Dante sempre foi comprometido com o trabalho. E, com os demais policiais civis, baixou os índices de criminalidade na Comarca de Ivaiporã, que perdeu um grande profissional e eu perdi um grande amigo”, declarou o prefeito Miguel Amaral.  

O delegado Gustavo Dante será sepultado na cidade de Guaíra/SP, neste domingo, dia 4 de agosto. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Soprap

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber