Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Vida de Eduarda é marcada por tragédias. Mãe da garota prestou depoimento

.

A vida da garota Eduarda Shigematsu de apenas 11 anos, que estava desaparecida e que foi encontrada morta no domingo (28) em Rolândia já foi marcada por um grave acidente. 

Em 2015 a menina estava num carro com a avó quando sofreu um acidente, o veículo onde elas estavam bateu contra um caminhão no contorno da cidade. 

Na época, ainda uma pequena criança, Eduarda sofreu traumatismo craniano e foi encaminhada ao Hospital Universitário (HU) em Londrina, onde passou por cirurgias e teve que ficar internada. Depois da recuperação, ela até participou de uma reportagem contando do acidente e falou como estava feliz por ela e avó estarem vivas. 

Agora a história da menina chega ao fim com essa tragédia. Ela havia desaparecido na quarta-feira (26), mas o corpo foi encontrado na tarde de domingo (28), nos fundos de uma casa de aluguel da família, depois de uma denúncia anônima.
 
O pai dela foi preso por ocultação de cadáver e contou que encontrou a filha morta no quarto vítima de enforcamento, porém a polícia não acredita nessa versão.
 
A Polícia Civil pediu, nesta segunda-feira (29), a prisão temporária, por 30 dias, de Ricardo Seidi pelo crime de homicídio qualificado. Segundo a polícia, com o resultado do laudo do IML, que apontou que a menina morreu por esganadura, o caso passou a ser considerado como homicídio qualificado, que trata-se de crime hediondo.

Nesta manhã, muito emocionada a mãe da menina, Jéssica Pires que atualmente vive em São Paulo, mas está em Rolândia acompanhando o caso prestou depoimento. 

Ela disse que não imaginava que o ex-marido pudesse fazer algum mal a filha.  Jéssica também contou que a filha sempre reclamava do pai, que ele era bravo e frio com a menina. 

O corpo da menina foi enterrado na manhã desta segunda-feira (29), no Cemitério Municipal de Rolândia. A família optou por não fazer velório, apenas uma oração. O clima era de muita comoção. 

Durante a tarde deste terça, a avó da menina e outros familiares serão ouvidos. 

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber