Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

PM aplica 18 multas de trânsito por dia

.

FOTO - Tribuna do Norte
FOTO - Tribuna do Norte

A Polícia Militar (PM) aplicou, em média, 18 multas de trânsito por dia em Apucarana e Arapongas ao longo de 2018. Os números apontam que as duas cidades registraram, juntas, 6.596 autos de infração nas ruas e avenidas de seus perímetros urbanos. Dirigir veículo sem licenciamento, conduzir sem habilitação e estacionar de maneira irregular foram as infrações mais cometidas pelos motoristas dos dois municípios.

Os dados foram divulgados pelo 10º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Apucarana e pela 7ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM) de Arapongas. O número de multas de trânsito em 2018 sofreu uma redução de 1,2% em relação ao ano anterior, quando foram lavrados 6.674 autos de infração.

Em Apucarana, 3.659 multas foram aplicadas em 2018, uma redução de 1,9% em relação às 3.730 multas de 2017. O estacionamento irregular foi a infração mais cometida pelo motorista apucaranense (488). Em segundo lugar ficou a condução de veículo sem o pagamento do licenciamento obrigatório, com 383 multas. Dirigir sem estar habilitado e não usar o cinto de segurança aparecem logo depois, com 326 e 290 multas, respectivamente. Fechando as cinco principais infrações ficou o avanço do sinal vermelho, com 268 multas.

Comandante do 10º BPM de Apucarana, major Roberto Francisco Cardoso explica que, ao longo dos anos, as principais infrações cometidas em Apucarana geralmente se mantêm as mesmas, variando apenas a posição entre elas de um ano a outro. “Esta variação se dá pelo foco da PM em determinados períodos. Nós mantemos uma análise constante das ocorrências de trânsito na cidade e vamos moldando a nossa atuação com base nas necessidades que identificamos”, afirma.

Cardoso salienta que os problemas no trânsito de Apucarana são agravados devido às características da própria cidade. “Temos poucas vias de escoamento. Nossa malha viária precisa de vias mais rápidas para facilitar o trânsito. Além disso, há poucas vagas de estacionamento, o que fica agravado pelo fato de termos um comércio concentrado na área central. São problemas estruturais graves e de difícil solução, criados por conta da maneira como a cidade cresceu, sem um planejamento mais detalhado”.

Em Arapongas, foram 2.937 multas lavradas em 2018, queda de 0,2% em relação às 2.944 infrações registradas no ano anterior. A infração mais cometida na cidade foi conduzir sem licenciamento, com 518 multas, seguido por dirigir sem habilitação, com 361. A PM de Arapongas buscou também multar quem fornece veículo a condutor não habilitado, o que gerou 277 notificações. Não utilizar cinto de segurança e dirigir usando telefone celular completam a lista, com 206 e 125 infrações, respectivamente.

A soldado Luciana Oliveira Tonelo, do setor de Trânsito da 7ª CIPM de Arapongas, explica que o trabalho de conscientização desenvolvido pela unidade tem surtido efeito. “Desde agosto, quando a escolinha de trânsito foi inaugurada, os números começaram a apresentar redução. Por semana, recebemos cerca de 150 crianças, que recebem noções de trânsito e orientações. Em 2019, vamos continuar com este trabalho”, destaca.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber