Facebook Img Logo
Mais lidas
Região

São João do Ivaí enfrenta surto dengue

.

A Secretaria Municipal de Saúde de São João do Ivaí revelou ontem (11),  38 casos de dengue identificados na cidade desde o mês de março. O surto está preocupando o setor de epidemiologia.  Desde o início do ano foram notificadas no município 97 pessoas suspeitas com as doenças, das quais, oito ainda aguardam o resultado dos exames.  O município é responsável por mais de 90% dos casos de toda a 22ª Regional de Saúde (22ª RS) que registrou no mesmo período 121 notificações. Na região apenas um caso de dengue foi registrado fora do munícipio, em Ivaiporã.

Para reforçar o combate ao mosquito Aedes Aegypti transmissor da dengue, , a 22ª RS solicitou a SESA o envio de veículos UBV pesado para aplicação de inseticida, tradicionalmente conhecido como ‘Fumacê’ relata Elaine Aparecida Nogueira chefe da Divisão de Vigilância em Saúde da regional.

“Já está aberta o pedido da UBV, e nos próximos dias vão estar em São João do Ivaí para fazer os ciclos que o protocolo orienta. O município tentou fazer tudo aquilo que estava dentro do protocolo, realizou todos os bloqueios, e o trabalho vinha sendo feito continuamente, só que mesmo assim o surto foi desencadeado”, destaca.

A situação de São João do Ivaí abre alerta de prevenção para os municípios vizinhos. “Tem município que está com índice do Aedes muito maior que o deles, que mesmo com índice baixa desencadeou essa situação”, diz. Segundo ela, os surgimento de casos fora do verão é atípico. “Na nossa região, a dengue vem acontecendo neste período, outono e permanece até o inicio do inverno”, esclarece Elaine.


A vice-prefeita Carla Suzi Emereciano relata que os casos de dengue em São João do Ivaí começaram a surgir no mês passado, através de pessoas que vieram de outras regiões. “Os quatro primeiros casos foram de pessoas infectadas em outras regiões, vindos do Paraguai, Hortolândia (SP), Maringá e Londrina. Elas trabalham fora e vieram para cá no final de semana”.

Ela diz que todas as medidas estão sendo tomadas para o controle da doença. “Ainda não é epidemia, mas é preocupante. Porém, estamos tomando medidas de epidemia. A cada caso notificado, a gente não espera confirmar, vamos à casa e é feito bloqueio de nove quarteirões em volta. Os agentes passam o veneno de bombinha, entram na casa e eliminam qualquer foco. Nos casos confirmados, além dos cuidados  médicos com a pessoa, é orientado a questão do repelente, e fazemos a pulverização com a camionete na região onde a pessoa mora”, relata Carla.
 
Mutirão de limpeza e fiscalização

Para os próximos dias a Prefeitura vai promover um mutirão de limpeza. “Já conversamos com o pessoal da Patrulha Ambiental do Rio Ivaí que vai nos auxiliar. Estamos tratando a estratégia para depois confirmar a data”, relata a vice-prefeita Carla Emereciano. Na cidade os focos estão centralizados na Vila Santa Terezinha e na região do conjunto Ney Braga. “Vamos iniciar o mutirão nestes dois bairros, mas será realizado em toda a cidade”, enfatiza. 

A Prefeitura de São João do Ivaí, através da Vigilância Sanitária (VISA), também intensificou a fiscalização em terrenos baldios,  autuando proprietários para fazerem a manutenção dos lotes. "Caso o proprietário não obedeça a notificação, a prefeitura está realizando a limpeza e a conta será cobrada junto ao IPTU", completa Carla.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber