Mais lidas
Região

Ivaiporã aumenta a participação do IPVA e do ICMS

.

Prefeito Miguel Amaral comemora aumento das receitas provenientes do Estado (Foto/Ivan Maldonado))
Prefeito Miguel Amaral comemora aumento das receitas provenientes do Estado (Foto/Ivan Maldonado))

A arrecadação com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) cresceu em Ivaiporã nos últimos anos. Só nos nove meses de 2017 o município arrecadou R$ 8.148 milhões, comparado o ano todo de 2012, quando foi arrecadado R$ 6.402 milhões, o acréscimo é de quase 27%. Porém, até o final do ano, o índice deve chegar a quase 61%, já que as projeções de arrecadação do exercício é de R$ 10.367 milhões.

A arrecadação do IPVA em Ivaiporã também tem resultado positivo, até agora o município arrecadou com o imposto R$ 3.920 milhões, com projeção de arrecadar até o final do ano R$ 4 milhões. No confronto com 2012 quando foi arrecadado R$ 2.081 milhões, o aumento será de mais de 92%.

De acordo com o prefeito Miguel Roberto do Amaral (PSDB), o avanço no volume de arrecadação dos impostos estaduais, tem sido primordial para o desenvolvimento do município. “Hoje podemos contar com a arrecadação dos impostos estaduais. São recursos livres, fundamentais para equilibrar as nossas finanças. Apesar da queda dos repasse federais, foi possível manter a capacidade de investimento. Só em pavimentação com pedra irregular neste ano nós já investimos em 32 mil metros², mais de sete quilômetros de meio-feio tudo com recursos provenientes desses repasses”, assinala.

Miguel Amaral, lembra que o aumento dos repasses estaduais se deve principalmente, as medidas de ajuste fiscal que foram implantadas pelo governo Beto Richa. “O alinhamento das alíquotas, como as praticadas em vários em outros estado, refletiu diretamente no aumento de arrecadação das administrações municipais”, elogia.

O prefeito também enaltece a equipe de servidores da Prefeitura, as empresas e a população de Ivaiporã que tem colaborado para melhorar a arrecadação dos impostos estaduais. “São coisas simples que se faz melhorando a fiscalização, com os contadores preenchendo corretamente as informações, a população pedindo a nota fiscal. Isso tudo tem colaborado para o resultado positivo que estamos colhendo”, completa Miguel Amaral.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber