Mais lidas
Região

Com altas temperaturas, aumenta a procura por ventiladores

.

Com a chegada da primavera e o aumento das temperaturas, quem comemora são os lojistas que veem as vendas de ventiladores e climatizadores dispararem. Entre as opções para os clientes estão desde ventiladores mais simples, que custam R$ 50, até os maiores e mais potentes, que chegam a R$ 230. O calor também fez aumentar as vendas e os serviços de manutenção de ar-condicionado.

Segundo Maria Ilda Rufino dos Santos, vendedora de uma das lojas de Ivaiporã, a toda hora tem cliente em busca de ventiladores. “No inverno já estávamos vendendo bem, o pessoal já estava se precavendo. Mas nos últimos dias, a procura aumentou muito”.  Os climatizadores de ar também são procurados. “Além do clima seco, tem muitas pessoas que não se adaptam aos ventiladores e preferem climatizador de ar porque também umidifica o ambiente”, relata Maria Ilda.

Ela diz ainda que as pessoas estão preferindo comprar produtos de qualidade. “Muitas pessoas que há um ou dois anos compraram ventilador baratinho do Paraguai, agora estão procura de qualidade. Nas lojas, é talvez um pouco mais caro que dos vendedores do Paraguai, mas vale a pena comprar uma mercadoria que vai durar muito mais”, afirma Maria Ilda.

A movimentação também é grande nas lojas de ar-condicionado. De acordo com Antônio Carlos Homenczuck somente nos últimos dias a empresa já vendeu cerca de 15 aparelhos. “O povão não está aguentando o calorão e estamos vendendo bastante”.

Na loja de Homenczuck os serviços de manutenção de ar-condicionado também aumentaram. “O pessoal não usou o ar-condicionado no inverno e não se preocupou com a manutenção. Como o povo deixa tudo para a última hora apurou bastante o nosso serviço”, comenta Homenczuck.

A dona de casa Regina Helena Batista Soares, relata que comprou um ventilador há duas semanas.  “Lá em casa não estava nem conseguindo dormir. Além disso temos um filho que é alérgico, então ele precisava. Agora, graças a Deus, o sono da família toda é bem mais tranquilo”, conta Regina Helena.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber