Mais lidas
Região

Prefeitura executa serviços na estrada do Três Ranchinhos

.

A Prefeitura de Ivaiporã atende a reivindicação de mais uma comunidade e executa serviços em estradas rurais do município, por meio do Departamento Municipal de Viação. Desta vez, trata-se da comunidade Três Ranchinhos, próxima ao distrito do Jacutinga, onde alguns produtores deram exemplo de solidariedade e se juntando à equipe da Prefeitura para ajudar a alargar a Estrada Três Ranchinhos.

O Departamento Municipal de Viação iniciou os trabalhos naquela comunidade há 40 dias. E, na terça-feira, dia 12 de setembro, visitaram os serviços, o prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, vice-prefeito Ilson Gagliano, diretor do Departamento Municipal de Viação, Elizeu Magri, e o presidente da Câmara de Vereadores, Nando Dorta.

Muito antes de ser eleito, o prefeito Miguel Amaral, que também é jornalista, há 30 anos, sempre defendeu que o desenvolvimento urbano ou rural de um município, estado ou país depende de dois fatores: comunicação e estradas. Pensando dessa forma, passou a dar especial atenção aos produtores rurais do município que, durante décadas, enfrentaram dificuldades para transportar produções devido às péssimas condições das estradas.

Apesar das dificuldades, os produtores investem em maquinários agrícolas, carros e aparelhos de celular. E, mais recentemente, aderiram à internet como uma aliada para facilitar a comunicação e a negociação da produção agrícola.

“A administração municipal trabalha para desenvolver a cidade e o campo. Afinal, quem mora no campo com determinado conforto e pode se deslocar à área urbana a qualquer momento, com bom ou mau tempo, prefere permanecer na zona rural”, analisou o prefeito Miguel Amaral, que foi recebido por produtores rurais e pela equipe da Prefeitura na Estrada Três Ranchinhos.

Colaboração

Valter Marcomini, que tem 56 anos, mora na comunidade Três Ranchinhos. “Faz 53 anos que vivo nesta comunidade e só tenho que comemorar os serviços, porque nunca houve. Há poucos dias, o diretor de Viação, Elizeu Magri, foi a minha casa e disse que a Prefeitura pretendia executar um serviço bem feito. Em seguida, os moradores se uniram e decidiram colaborar com os serviços”, contou o produtor rural.

Os moradores se juntaram à equipe da Prefeitura de Ivaiporã e ajudaram a limpar a estrada para que os maquinários pudessem ser usados nos serviços. “Os moradores sempre mantiveram a esperança de ver a Prefeitura executar o serviço que proporcionasse boas condições de trafegabilidade”, disse Elizeu Magri.

Geralda Santos Marcomini, esposa do produtor Valter Marcomini, confessou que não conhecia o prefeito e ficou admirada por recebê-lo na própria casa, onde agradeceu pela execução do serviço considerado um sonho. “Entrava prefeito... Saia prefeito e só pedíamos: estrada! É a primeira vez que conheço o prefeito Miguel Amaral [risos] e agradeço pelo serviço. Inclusive, o meu marido não vai à roça, há 35 dias, porque decidiu ajudar no serviço para termos uma boa estrada”, contou Geralda Marcomini

Mudança de vida

Antônio Sinhoreti, 80 anos, também colaborou voluntariamente com a execução do serviço. Ele reside na comunidade Água do Jacutinga e mantém 60 alqueires na comunidade Três Ranchinhos. “Semanalmente venho cuidar das terras e ver os amigos. Desta vez, vim ajudar arrancar e a fazer cercas. Quando não podia, vinha o meu filho e o meu neto. Afinal, o prefeito Miguel Amaral está investindo na comunidade Três Ranchinhos, por isso, temos que corresponder colaborando”, defendeu Antônio Sinhoreti.

O produtor confessou que não esperava ver o serviço ser executado, “porque faz muitos anos que aguardo”. Antônio Sinhoreti contou que cuidar de 60 alqueires requer muita dedicação e o estado precário das estradas causavam muitos transtornos. “Agora, o serviço vai mudar a minha vida”, garantiu Sinhoreti.

Miguel Amaral lembrou que o município de Ivaiporã vive do agronegócio. Por isso, a Prefeitura valoriza o homem do campo com apoio da Câmara de Vereadores. “Estamos executando um grande serviço visando boas condições de trafegabilidade durante 10 anos – pelo menos. O objetivo é executar serviço nas estradas rurais do município. Quem sabe os filhos da geração que permaneceu no campo, um dia, voltarão a viver na área rural”, cogitou o prefeito.

Além das estradas rurais, Miguel Amaral informou que solicitou projetos e recursos ao governador Beto Richa, bem como aos deputados da base de apoio, para construir 14 pontes com vigas de concreto. As demais, que têm menos fluxo, são reconstruídas ou recebem reforços. “Trata-se de um reforço na segurança dos produtores e daqueles que trafegam por pontes no município. Inclusive, em 8 meses, reconstruímos e reforçamos 13 pontes das 50 que existem. Espero chegar ao fim do mandato com as 50 em perfeitas condições de uso”, calcula Miguel Amaral.

Segundo o prefeito, a melhor sensação de dever cumprido é ver a satisfação de cada produtor que anseia receber familiares no final do ano.

No final da visita, o presidente da Câmara de Vereadores, Nando Dorta, afirmou que o prefeito Miguel Amaral cumpre um dos compromissos de campanha. “Miguel Amaral disse que, se fosse eleito, daria a atenção que o produtor rural merece, porque a maioria aguarda serviços em estradas rurais há mais de 50 anos”, reconheceu Nando Dorta.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber