Mais lidas
Região

Projeto incentiva leitura em São João do Ivaí

.

proposta diferente vem divertindo os alunos da rede municipal de São João do Ivaí.  Foto: Divulgação
proposta diferente vem divertindo os alunos da rede municipal de São João do Ivaí. Foto: Divulgação

Aliar a literatura infantil com a encenação, fazendo com que a criança deixe de apenas imaginar para ser protagonista, vivendo a própria história. É uma proposta diferente que vem divertindo os alunos da rede municipal de São João do Ivaí. O projeto Contação de Histórias tem sido uma importante e inovadora ferramenta para incentivo à leitura.

Idealizado pelo prefeito Fábio Hidek Miura, há um mês a novidade foi para as salas de aula. "O poder público tem que ir além dos investimentos no professor, na capacitação, nas estruturas físicas. É fundamental inovar com projetos que façam a diferença na formação dos alunos. Assim pensamos e colocamos em prática através de uma equipe capacitada", afirma o prefeito. O projeto foi implantado inicialmente no Centro de Educação Infantil Vovó Bárbara e nas escolas municipais Tancredo Neves, Jovita Cruz e Santa Terezinha, todas da sede.

 "Precisávamos fazer uma experiência, por isso que o projeto começou na cidade. Mas, entretanto, diante do sucesso, já estamos organizando para levá-lo às escolas e CMEI's dos distritos", comenta a secretária municipal de Educação, Daiene Bueno. A ação possui formatação pré estabelecida, abrangendo alunos do pré ao 5º ano. "Atendemos uma série por semana de todas as escolas, porque assim facilita a escolha da história que será trabalhada, respeitando o desenvolvimento pedagógico de cada turma", explica a diretora municipal de Cultura, Maiara Ávilas. Para desenvolver o projeto nas escolas, Maiara conta com o apoio de um estagiário, integrante do grupo municipal de Teatro. 

Enquanto os dois profissionais fazem a narração, os alunos são convidados a encenar e recebem figurinos. "Os pequenos atores se divertem com os colegas. Trabalhamos a literatura de forma lúdica, o que tem sido muito prazeroso para todos os envolvidos", conta a diretora de Cultura. A professora do 4º ano da Escola Tancredo Neves, Maria Castro, recebeu o projeto em sua sala e elogiou a iniciativa. "Maravilhoso! Gostei muito. Eles ouvem, vivem a história na prática e depois vão produzir na escrita. É um estímulo para interpretação e produção de texto".

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber