Mais lidas
Região

Copel intensifica prevenção de acidentes na rede elétrica em Ivaiporã

.

Copel promove campanha de segurança para prevenção de acidentes na rede elétrica. Foto: Divulgação
Copel promove campanha de segurança para prevenção de acidentes na rede elétrica. Foto: Divulgação

Neste ano, a regional Norte da Copel já registrou um número maior de acidentes na rede elétrica que em todo ano passado, quando foram 3 ocorrências. Em 2017, quatro casos já foram registrados, dois no município Ivaiporã. O último acidente aconteceu anteontem, deixando um pintor ferido com gravidade. Para prevenir incidentes do gênero, a Copel realizada todos os anos uma campanha de segurança. Encerradas semana passada, as ações devem ser intensificadas no município. 

“Hoje (ontem) durante a reunião com os funcionários todos se perguntavam o que poderíamos fazer para melhorar. Por isso, vamos intensificar ainda mais a campanha e levar mais orientações ao maior número de pessoas”, assinala Anderson Jesus Parmejani Bueno, gerente administrativo da Copel em Ivaiporã.

Durante toda a semana passada, a Copel mobilizou em todo o estado um batalhão de voluntários em visitas a canteiros de obras, cooperativas, lojas de materiais de construção e maquinários agrícolas, escolas e locais públicos. Segundo Bueno, apesar das orientações das palestras, cartilhas e folhetos distribuídos, palestras, muitas pessoas não levam a sério os riscos de acidente com energia elétrica.

“Apesar de estarmos passando essas orientações algumas pessoas não acham que isso pode acontecer com elas”, assinala Bueno. O acidente registrado anteontem, deixou ferido com queimaduras de primeiro e segundo grau, o pintor Ronaldo Viesba Luiz, de 39 anos. 

Segundo populares, ele realizava o trabalho em cima do prédio e teria encostado com o cabo de alumínio do rolo de pintura na rede elétrica. Esse foi o segundo acidente no ano registrado na cidade, na mesma situação. Em janeiro, o pintor Jonathan Vieira Silva, 37 anos, foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros de um prédio de aproximadamente 10 metros de altura, depois de receber uma descarga elétrica de 13,8 mil volts. Ele também trabalhava com um rolo de pintura com cabo de alumínio. 

“A energia elétrica nos traz muitos benefícios, mas os riscos de acidentes existem. Geralmente quando acontece e não são fatais acabam deixando sequelas. Por isso, é muito importante que as pessoas tenham consciência dos riscos e sigam as orientações para evitar acidentes”, completa Bueno. 

Segundo dados da Copel, no ano passado, foram registrados acidentes com a rede em Iguaraçu, Rio Bom e Apucarana, onde foi registrado o óbito de um pintor. Neste ano, além dos dois acidentes registrados em Ivaiporã, houve registros em Borrazópolis - envolvendo um pulverizador na área rural – e em Pitanga, onde o registro foi na área urbana envolvendo poda.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber