Mais lidas
Região

Número de mortes no trânsito cai em Apucarana e Arapongas

.

Em 2015, nove pessoas morreram vítimas do trânsito apucaranense. Foto: Sérgio Rodrigo
Em 2015, nove pessoas morreram vítimas do trânsito apucaranense. Foto: Sérgio Rodrigo

Dados do Placar da Vida, que é feito pela Polícia Militar (PM), apontam que o trânsito na área urbana de Apucarana e Arapongas está menos violento. Os índices caíram nas duas cidades, principalmente de mortes. Em 2015, nove pessoas morreram vítimas do trânsito apucaranense. Já no ano passado, o número caiu para duas, uma redução na ordem de 77%. Em Arapongas, a violência no trânsito também diminuiu. De 2015 para 2016, casos de mortes na área urbana caíram 45%, passando de onze situações para seis. Sinalização adequada e trabalho de conscientização com motoristas e pedestres são apontados como responsáveis pela queda nos índices.

De acordo com os dados do Placar da Vida, Apucarana registrou quase três acidentes por dia, número semelhante ao ano anterior. Em 2015, 973 acidentes foram registrados contra 966 no último ano, uma queda de menos de 1%. Entretanto, os acidentes podem ser classificados como menos violentos. Além da já citada redução no número de mortes, também houve queda no número de feridos na ordem de 12% (ver infográfico). No ano passado, o município registrou apenas dois os acidentes com vítimas fatais que ocorreram na Rua Firmam Neto, no Jardim Apucarana, próximo ao terminal Rodoviário, e no cruzamento da Rua Alexandra com a Rua João Luiz Orlando, próximo ao Parque Biguaçu.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber