Região

Agentes penitenciários não descartam greve no Paraná

.

Cerca de 3,2 mil agentes penitenciários protestaram hoje (23/02) em frente à Assembleia Legislativa do Paraná, no Centro Cívico, em Curitiba. A categoria pede ampliação do quadro de funcionários em todas as regiões do Estado, através de contratação de aprovados no concurso realizado em 2013. Inclusive, o protesto contou com a presença de aprovados. Também reivindicam o cumprimento do plano de cargos e salários.

De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná (Sindarspen), a liderança da categoria, presidida por Petruska Niclevisk Sviercoski, participa de uma reunião com o líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli, para negociar a contratação dos aprovados.

Segundo o Sindarspen, atualmente, 3, 2 mil agentes são responsáveis por cuidar da segurança de 20 mil detentos, que estão sob a tutela do sistema penitenciário. A categoria pede, no mínimo, a contratação imediata de mais 1,6 mil agentes.

Caso não chegue a um acordo durante a reunião, a categoria não descarta a possibilidade de cruzar os braços nos próximos dias.