Região

PM evita que suspeito de homicídio seja linchado

.

Uma confusão no final de semana em um clube de Faxinal, na região norte do Paraná, resultou no assassinato de Jetson Guilherme dos Santos, 21 anos, e por pouco não termina em linchamento. Jetson acabou morto com golpe de canivete no tórax.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana para exame de necropsia. O autor do crime fugiu do local e se escondeu no pátio do destacamento da Polícia Militar (PM), mas amigos do rapaz assassinado o localizaram e tentaram linchá-lo. Policiais militares interviram na situação e conseguiram evitar o linchamento, mas o suspeito chegou a ser agredido por populares.

Os PMs saíram com o suspeito do destacamento e o encaminharam a um hospital de Mauá da Serra. Policiais militares relataram que ele tinha diversas lesões e estava com a integridade física em risco.

Após receber atendimento médico, o suspeito de homicídio foi preso em flagrante e encaminhado à delegacia de Faxinal. Ele negou a autoria do assassinato, mas o canivete usado no homicídio foi localizado próximo do destacamento PM, onde o suspeito de matar Jetson havia se refugiado.

CIÚMES - Testemunhas relataram a polícia que o crime teria sido motivação passional (ciúmes). A vítima estaria dançando com uma mulher que supostamente seria companheira do suspeito de homicídio. Um inquérito relativo ao caso foi instaurado na Delegacia da Polícia Civil de Faxinal. 

Clique aqui e veja o vídeo da suposta tentativa de linchamento postado pelo repórter Ronaldo Alves Senes, o Berimbau.