Mais lidas
Região

​Vereador de Cambira é solto após pagar dez salários mínimos de fiança

.

O vereador Ulysses Moya, de Cambira foi solto após pagar uma fiança de dez salários mínimos (R$: 8.800,00). A informação foi confirmada nesta sexta-feira (15) por fontes do Judiciário da Comarca de Apucarana.  Ele foi preso por policiais militares na noite de terça-feira (13), na Avenida Paraná (próximo ao numeral 100), no centro de Apucarana, após uma equipe da corporação ouvir um estampido de arma de fogo.

A PM argumentou que Moya acabou detido por porte ilegal de arma de fogo com numeração raspada, disparo de arma de fogo em via pública e embriaguez ao volante.  De acordo com a PM, quando  o vereador foi submetido ao teste de alcoolemia, o resultado apontou 0,53 mg/L, caracterizando a embriaguez ao volante.  Com ele foi apreendido um revólver Taurus calibre 38 com numeração raspada, carregado com seis munições, sendo uma deflagrada. Agora ele vai responder ao processo em liberdade.

SUPOSTAS AMEAÇAS - O vereador Moya alega que anda armado por sofrer supostas ameaças de seus adversários políticos no município de Cambira.

Leia mais na edição impressa e digital de sábado (16) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber