Mais lidas
Região

Rapaz confessa assassinato de homem com golpe de taco de sinuca

.

Um rapaz de 29 anos se apresentou à Polícia Civil de Apucarana (Norte do Paraná) na tarde de segunda-feira (04) e assumiu a autoria do homicídio que vitimou Agenor de Souza, de 53 anos. A vítima foi morta com um golpe de taco de sinuca na cabeça, às 18h20 da sexta-feira (01), no distrito de Sete de Maio, no município de Cambira. O homicida confesso prestou depoimento e foi liberado porque havia expirado o prazo de flagrante.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, José Aparecido Jacovós, a Polícia Civil deve pedir a prisão preventiva do assassino confesso.

O CRIME - Agenor de Souza foi atingido por um golpe de taco de sinuca na cabeça entrando em óbito em Novo Itacolomi. O crime aconteceu no primeiro dia do ano, às 18h20 da sexta-feira (1) no distrito de Sete de Maio, no município de Cambira.

A equipe da Polícia Militar registou a ocorrência do homicídio na Rua Projetada A, no Bar do Campo, no distrito de Sete de Maio, no município de Cambira. As equipes médicas do SAMU e do Hospital de Cambira foram acionadas. E com o apoio da equipe de Jandaia do Sul e de Novo Itacolomi, se deslocaram até o “Bar do Campo”, onde encontrava-se um cidadão no chão inconsciente. Uma equipe do Samu constatou que Agenor de Souza estava morto. No dia do crime, o autor confesso, Claudinei Moreira Pedroso Leal, 29 anos, fugiu do flagrante.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber