Facebook Img Logo
  1. Edhucca Banner
Mais lidas
Região

Paraná: sogro é assassinado pelo genro no Natal em assentamento de sem-terra 

.

Um homicídio marcou de forma trágica o início do Natal para uma família que reside na Comunidade Rural de São Cristóvão (Assentamento 08 de Abril), na Estrada do Bem-te-vi, no município de Jardim Alegre, na região do Vale do Ivaí (norte do Paraná). O autor do crime fugiu de moto.

De acordo com a Polícia Militar (PM), por volta da 1 hora da madrugada deste 25 de dezembro, plantonistas da corporação foram informados sobre o crime. A vítima  é Marciliano Germano da Luz,  de 51 anos. A esposa dele  contou que houve uma confusão na propriedade onde ela morava com o marido, onde também reside no mesmo quintal,  em uma outra casa,  sua filha e o genro.Durante o desentendimento, o suspeito de ser o autor do assassinato,

Wesley Junior dos Santos, de 25 anos, se armou com uma espingarda caseira, espécie de puxa-feira com o cano cortado e disparou um tiro contra o peito de seu sogro.  “Meu genro mora ao lado da minha casa; ele a minha filha e a netinha; e a gente foi na casa de uma vizinha para jantar na véspera de Natal, e antes de voltar, meu genro ficou nervoso porque disse que ouviu alguém dizer que meu sogro falou mal dele, afirmando que ele bebia e dirigia embriagado. Depois disso o Wesley nem veio no nosso carro, veio a pé. Quando chegamos em casa, meu marido foi guardar uma carne de porco que estava na varanda e nesse momento meu genro chegou e atirou nele“, disse a viúva de Marciliano, Joseli Prestes Macedo.

Ainda de acordo com ela,  os dois - vítima e suspeito de consumar o assassinato - ficaram o dia todo juntos, mataram um porco e estariam "em clima de amizade. Ela acredita que a ingestão de bebida alcoólica possa ter potencializado a desavença que resultou em assassinato.

Marciliano chegou a ser socorrido com vida, mas quando deu entrada no Hospital e Maternidade de Ivaiporã já estava em morto.

Conforme o IML, havia pelos menos 14 perfurações de chumbos no corpo da vítima.  O agressor fugiu em uma motocicleta de cor branca, e até o início da tarde de sexta-feira ainda não havia sido preso. A Polícia Civil instaurou inquérito relativo ao crime.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber