Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Região

Moradores aguardam construção de pontes sobre Rio Ivaí

.

Para a travessia pelo rio para o município de Rio Branco do Ivaí alguns moradores contam com uma balsa na localidade de Porto Espanhol (Foto/Ivan Maldonado)
Para a travessia pelo rio para o município de Rio Branco do Ivaí alguns moradores contam com uma balsa na localidade de Porto Espanhol (Foto/Ivan Maldonado)

A construção de duas pontes para ligar a população do leste ao sul do Vale do Ivaí é uma velha aspiração dos habitantes dos dois lados do Rio Ivaí. Entre Jardim Alegre a Grandes Rios a distância é de apenas 23 quilômetros por estrada de chão, porém pela ligação rodoviária mais próxima, a distância entre os municípios aumenta para 75 quilômetros. O mesmo acontece com os municípios de Rio Branco do Ivaí e Ariranha do Ivaí que estão a 36 quilômetros de distância também em estrada de chão, por rodovia asfaltada pela PR 466 aumenta para 175 quilômetros. A construção das pontes também encurtaria as distâncias com Ivaiporã que é cidade polo administrativa e concentra sedes regionais do Governo do Estado e alguns órgãos do Governo Federal.

Para a travessia pelo rio para o munícipio de Rio Branco do Ivaí alguns moradores contam com uma balsa na localidade de Porto Espanhol, porém pela falta de via pavimentada muitos ainda preferem fazer o caminho mais longo.

O vendedor Cleverson Esser, mora em Ivaiporã e viaja pelo menos duas vezes por mês para a região de Rio Branco do Ivaí. Ele é um dos motoristas que prefere a travessia pela balsa do Porto Espanhol, segundo ele a distância mais curta, mesmo que sem asfalto compensa o tempo e as despesas com combustível. “Não consigo entender porque ainda não existe uma ponte nessa região. Ela serviria para dinamizar a região que é muito produtiva”, comenta Esser.

Para Esser o grande problema da balsa é que em épocas de chuvas fortes o rio sobe e não é possível a travessia. “No ano passado tivemos chuvas durante um mês e a balsa ficou um mês sem atravessar”. Outra dificuldade são as épocas de safra agrícola. “Agora mesmo o pessoal está colhendo o trigo e a movimentação na balsa é grande. Hoje (sexta-feira) mesmo fiquei esperando mais de uma hora”, diz Esser.  

Para o prefeito de Rio Branco do Ivaí, Gerôncio José Carneiro Rosa a ponte é apontada como alternativa para facilitar o deslocamento de moradores e impulsionar a economia da região. “É uma obra complexa de custo elevado que o Governo hoje dificilmente teria condições de executar. Mesmo assim, não desanimamos e estamos trabalhando para que esse sonho um dia se transforme em realidade”, destaca Gerôncio.

Sem balsa

Pior para os moradores de Jardim Alegre e Grandes Rios que não contam com a opção da balsa. Há mais de dois anos, o meio de transporte que servia a população foi interditado pela Marinha e até agora não voltou a funcionar.

O distribuidor de bebidas de Jardim Alegre, Cleverson Storrer, diz que a falta de uma ponte entres os municípios faz muita falta e inviabiliza a comercialização entre as regiões. “Antes quando ainda tinha a balsa fazia alguns negócios em Grandes Rios, Rosário do Ivaí e Rio Branco. Sem a balsa e sem a ponte fica inviável ter que percorrer 50 quilômetros a mais. Sem vias de comunicação não há desenvolvimento”, comenta Storrer.

Mauricio Inácio de Souza, morador no Bairro dos Pereiras em Jardim Alegre, não se conforma com a falta de uma ponte interligando os municípios.  Ele compra e vende gado na região. “Antes eu negociava bastante em Grandes Rios, mas agora até mesmo sem a balsa ficou muito difícil”, completa Souza.

Descrente

O aposentado Aparecido Gomes Diniz conta que a cerca de 20 anos, quando ainda trabalhava na prefeitura de Jardim Alegre chegou a transportar um pessoal do DER que veio a região para fazer o projeto topográfico para a pavimentação asfáltica e a construção da ponte entre Jardim Alegre e Grandes Rios. “Sempre que chega época de politica para governo tem essas conversas. Eu não acredito mais”, destaca Diniz.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Região

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber