Mais lidas
Região

Região registra 14 ataques a bancos e caixas eletrônicos

.

Região registra 14 ataques a bancos e caixas eletrônicos - Foto: José Luiz Mendes
Região registra 14 ataques a bancos e caixas eletrônicos - Foto: José Luiz Mendes

A “quadrilha da dinamite” voltou a agir na região. Dessa vez, o alvo foi um caixa eletrônico em um posto avançado da Caixa Econômica Federal (CEF), no centro de Arapongas. Por volta das 3 horas da madrugada de ontem, quatro pessoas explodiram o equipamento na Rua Pinta-Roxo, próximo à Rodoviária e ao Supermercado Verona. Essa foi a segunda explosão a caixa registrada em Arapongas este ano, em um intervalo de um mês – dia 08 de junho, um caixa eletrônico do Banco do Brasil (BB) também foi alvo dos bandidos. Somente em 2015, quatorze ataques a bancos e cooperativas de créditos - a maioria explosões - foram registrados na região.

Para a Polícia Militar de Arapongas, as explosões a caixas eletrônicos que ocorreram na cidade nas duas situações têm características diferentes, o que sugere a atuação de mais de um bando na região. “Na ação de hoje (ontem), por exemplo, os bandidos usaram motos para fuga. Atuação semelhante a outra que ocorreu em Londrina, recentemente. Nesse tipo de ação com moto é de praxe ter um veículo próximo escondido para dar apoio”, explica o subcomandante da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar de Arapongas, capitão Vilson Laurentino da Silva.

Para o capitão Vilson, são grupos de fora da cidade que estão agindo na região, por isso, a captura dos bandidos vem envolvendo a atuação das polícias de Apucarana, Londrina e Maringá. “Como a explosão foi a um caixa da CEF, as investigações competem à Polícia Federal. Um perito da PF de Londrina esteve no local para coletar provas. Enquanto isso, estamos alertas a novos ataques e levantando possíveis suspeitos junto a Polícia Civil”, afirma o subcomandante da 7ª CIPM.



AÇÕES
- Na explosão ao caixa da CEF ontem (09), por volta das 3 horas da madrugada, quatro bandidos armados agiram, levando uma quantia de dinheiro não informada pela polícia nem pela agência bancária. Assustado com a sirene de um veículo de vigilância, que fazia ronda na Rua Pinta-Roxo, o grupo efetuou vários disparos de armas e fugiu em duas motos. O carro de monitoramento foi atingido, mas ninguém se feriu, segundo a PM.  Além de explosões a caixas eletrônicos, registradas neste ano em pontos como a prefeitura de Apucarana, e agências em São Pedro do Ivaí, Novo Itacolomi, Rio Branco do Ivaí, Cruzmaltina, Marilândia do Sul e Cambira, dois assaltos também foram registrados. Em Kaloré, na última segunda-feira (06), as agências do Sicredi e do Correios do município foram assaltadas. A Polícia Civil estima que os bandidos roubaram cerca de R$ 100 mil – dois suspeitos foram presos em Borrazópolis na terça-feira. Dois meses antes, a mesma cooperativa de já havia sido invadida por assaltantes, que fizeram funcionários de refém e fugiram levando dinheiro.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber