Mais lidas
Região

PM prende "Caveira" após roubo; bandido é temido pela violência contra suas vítimas

.

​Valnir Martins de Freitas, o vulgo "Caveira", de 42 anos (à esquerda) e um comparsa durante assalto a lotérica - Foto: Blog do Berimbau
​Valnir Martins de Freitas, o vulgo "Caveira", de 42 anos (à esquerda) e um comparsa durante assalto a lotérica - Foto: Blog do Berimbau

Valnir Martins de Freitas, o vulgo "Caveira", de 42 anos, considerado um dos bandidos mais perigosos do Paraná e que era procurado há mais de dez anos por latrocínio (roubo seguido de morte), assaltos e outros crimes foi preso por policiais militares de Lidianópolis, confirmou hoje o 10º BPM. 

A prisão do criminoso aconteceu depois que ele foi visto próximo a uma lotérica que foi assaltada  em Lidianópolis.  Após denúncia à PM de que um  GM Ipanema azul, idêntico ao carro visto próximo a lotérica, estava chegando no Distrito de Porto Ubá, policiais de Jardim Alegre abordaram o automóvel. 

Caveira apresentou uma identidade falsa dizendo que se chamava Rodrigo dos Santos Gomes, de 36 anos. Ele é acusado de participar do assalto à lotérica; e depois de ser levado para a Delegacia de Ivaiporã, a Polícia Civil constatou que o nome Rodrigo era falso e que estava diante do famoso "Caveira". 

"Um investigador da Delegacia, que na época (2008) trabalhou no caso dos crimes que "Caveira" praticou na região de Jacutinga, em Ivaiporã, ao vê-lo,  o reconheceu, e desta forma fizemos a identificação correta do criminoso", disse o delegado Gustavo Dante da Silva, de Ivaiporã. Ainda segundo ele,  "Caveira" será autuado por receptação, pois estar com dois cheques furtados,  por falsidade ideológica, pelo roubo da Lotérica, e ficará a disposição da Justiça, pois havia sete mandados de prisão contra ele.  

CRIMES PRATICADOS -  Em 2010, pelo menos dez equipes das Polícias Militar e Civil estavam empenhadas na procura de Valnir Martins de Freitas, 28 anos, popularmente chamado de “Caveira”, e de outro comparsa, juntos acusados do duplo homicídio registrado em 2010,  na Fazenda Nossa Senhora Aparecida, localizada no bairro rural dos Três Ranchinhos, região do distrito de Jacutinga, no município de Ivaiporã. Na ação dos bandidos, foram mortos Antônio Fuggi, 82 anos, proprietário da fazenda, e Vanderlei Martins de Freitas, 41 anos, funcionário da propriedade e irmão de "Caveira". Depois deste crime, vários assaltos foram praticados na região do Jacutinga.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber