Mais lidas
Região

Suspeito de arrombar caixa eletrônico morre em confronto

.

Dois homens que participaram da explosão de um caixa eletrônico em Munhoz de Mello, na região de Astorga, na madrugada de terça-feira (20) foram localizados pela Polícia Militar (PM), no final da tarde em Sabáudia, após acidente de trânsito, e um deles morreu durante o confronto. Ele não foi identificado e portava um fuzil. O segundo criminoso se entregou à Tropa de Choque de Maringá. Outros três integrantes do bando já haviam sido presos no início da madrugada. 

Conforme a PM de Maringá, que coordenou a operação, a dupla foi cercada em uma plantação nas proximidades do lixão de Sabáudia. Ocorreu troca de tiros e um dos criminoso acabou baleado no tórax. Ele ainda chegou a ser socorrido e levado ao Hospital de Astorga, mas não resistiu à lesão provocada pelo projétil de arma de fogo. O homem não portava documento de identificação e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. 

Já o bandido que se rendeu foi levado à 9ª Subdivisão Policial (SDP) de Maringá. No local ele repassou um nome que não consta no sistema da Polícia Civil. A polícia tenta apurar a verdadeira identidade do detido. 

Local onde bandido morreu em troca de tiros da PM

Foto: internauta colaborador
 

DETENÇÕES 

Dois adolescentes de 16 anos e um homem de 35 anos foram  detidos durante a madrugada desta terça-feira, em Sabáudia. Eles também são suspeitos de envolvimento em uma explosão de caixa eletrônico ocorrida em Munhoz de Mello. 

O trio estava dentro de um veículo Fiat Palio branco, com placas de Londrina. Vagner Henrique Castilho e os dois menores carregavam duas ferramentas conhecidas como "pé de cabra", utilizadas em arrombamento de caixas eletrônicos, e um rádio transmissor "HT", marca icon, modulando a frequência da polícia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber