Região

Região discute a saúde do homem em Apucarana

Da Redação ·
Região discute a saúde do homem em Apucarana
fonte: Arquivo/Imagem ilustrativa
Região discute a saúde do homem em Apucarana

Os riscos cardiovasculares, a ausência dos homens nos serviços de saúde, violência de gênero e saúde do trabalhador foram os principais temas discutidos na Oficina Macrorregional de Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, realizada ontem no anfiteatro do Colégio São José, em Apucarana. Cerca de 200 profissionais de saúde da região participaram do encontro de capacitação promovido pela divisão de Saúde do Homem da Secretaria de Estado da Saúde, em parceria com a 16ª Regional de Saúde (RS) de Apucarana. A reunião foi a primeira de capacitação no Estado.

continua após publicidade

O evento integra a segunda fase de implantação Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem no Paraná (PNAISH). De acordo com dados do Ministério da Saúde (MS), a principal causa de mortes de homens são as Doenças Isquêmicas do Coração, a principal delas o infarto agudo do miocárdio. Em 2010, conforme o Ministério, 49.128 homens morreram por esse motivo. Em segundo lugar aparecem as doenças cerebrovasculares, com 45.180 óbitos. Na sequência, estão os homicídios com 43.665.

Leia a matéria completa na edição de terça-feira (19) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná