Região

Sanepar passa a cobrar caixa de gordura em imóveis

Da Redação ·

A Sanepar irá passar a cobrar dos londrinenses a instalação de caixas de gorduras nos imóveis residenciais e comerciais e, aos que já a possuem, a limpeza periódica das mesmas, conforme a quantidade de emissão de resíduos alimentares. Em entrevista à rádio Paiquerê AM, a gerente regional da Sanepar em Londrina, Mara Lúcia Kalinowski, alerta que a manutenção deve ser feita de 3 a 6 meses.

continua após publicidade

A empresa alerta que a falta deste equipamento nas edificações faz com que a gordura proveniente principalmente das cozinhas seja encaminhada para as tubulações de esgoto da rede pública, causando o mau funcionamento do sistema como entupimentos e o retorno de esgoto para dentro dos imóveis. A inexistência da caixa de gordura também pode causar poluição de mananciais e ainda impermebilização do solo.

continua após publicidade

Segundo a gerente, a empresa vai intensificar a orientação aos usuários em virtude da aprovação de uma lei municipal e recente cobrança do Ministério Público que exigem o equipamento. A partir de agora, todos os imóveis deverão ter uma caixa de gordura e ficarão sujeitos a notificação e multa caso não atendam a nova exigência. "A Sanepar não tem o poder de multar, mas caberá a Vigilância Sanitária fiscalizar", informou a gerente.

continua após publicidade

A Sanepar enfrenta este problema principalmente em imóveis antigos e, em edifícios, a situação é mais complicada. "Nosso maior problema atualmente são os restaurantes, que causam grandes entupimentos", finalizou. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 115.

Os usuários devem seguir a norma técnica NBR 8160-1999, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) que padroniza a construção desses dispositivos. (Do Bonde, com informações da rádio Paiquerê AM)

continua após publicidade

Dicas

continua após publicidade

- Antes de construir, consulte um engenheiro civil ou técnico capacitado.

- Procure reciclar o óleo de cozinha.

- Caixas de gordura não podem receber água de chuva, nem esgoto.

- Nunca despeje óleo e água quente no ralo de pias. A junção desses líquidos faz com que a gordura passe pela caixa e se solidifique na tubulação, causando entupimentos.

- O intervalo de limpeza da caixa está diretamente ligado ao uso, tamanho e profundidade da caixa. Quanto maior estes parâmetros maior o intervalo de manutenção. A limpeza constante também evita a proliferação de ratos e baratas.