Região

Sargento da PM é morto com facada em Rio Bom

Da Redação ·

O sargento Cirineu Zeferino, de 43 anos, chefe do destacamento da Polícia Militar (PM) de Rio Bom (20 km a Sudoeste de Apucarana), no Vale do Ivaí, foi assassinado, por volta das 18 horas deste domingo (10), quando estava numa festa religiosa em propriedade na Estrada do Cruzeiro, na zona rural do município. Ele foi atingido por um golpe de faca no abdômen ao tentar apaziguar uma briga. Conforme o 10º BPM, o policial militar estava de folga quando acabou assassinado. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Apucarana para exame de necropsia. O punhal utilizado no crime foi apreendido.

continua após publicidade

O corpo do sargento Cirineu é velado na Câmara Municipal de Rio Bom e o sepultamento está previsto para as 16 horas desta segunda-feira (11). O prefeito Mauro Pinto de Andrade decretou luto oficial no município por três dias.

continua após publicidade

De acordo com o sargento Heleno Antônio da Silva, do Copom de Apucarana, o autor do homicídio fugiu, foi identificado e era procurado pela polícia da região quando se entregou na 17ª Subdivisão Policial (SDP) de Apucarana acompanhado de um familiar que é oficial da PM do Estado de São Paulo e de advogado. O policial militar paulista também estava na festa.

continua após publicidade

"O Cirineu chegou a ser socorrido por uma equipe em ambulâncian da Prefeitura Municipal de Rio Bom e seria trazido para o Hospital da Providência, em Apucarana, mas seu estado de saúde ficou agravado durante a viagem, a ambulância então foi para o Hospital Municipal de Marilândia do Sul e uma equipe do Samu de Apucarana se deslocou em apoio, mas ele não resistiu à lesão no abdômen provocada pela facada", relatou Heleno.

Conforme o policial do Copom, o sargento Cirineu estava na PM há 22 anos e tinha extensa ficha de serviços prestados à corporação. Ele deixa viúva, um casal de filhos de 12 e 13 anos, respectivamente, e um vasto círculo de amizades em rio Bom e região.

continua após publicidade

"Estamos consternados com a perda do nosso colega, que com certeza vai fazer falta para sua família, à PM e a comunidade", frisou o sargento Heleno.

continua após publicidade

De acordo com a PM, o autor do crime é Paulo César Deziró, conhecido como "Paulinho do Biba", de 45 anos, dono da propriedade onde a festa era realizada. Incialmente ele fugiu, mas na madrugada desta segunda-feira (11) se apresentou na 17ª SDP de Apucarana. "Extraoficialmente fomos informados que o autor do crime estaria tomando remédios para depressão e teria ingerido bebida alcoólica na festa", informou o sargento Edenílson Valdinei Máximo. Ele e o capitão Marcos Faccio acompanharam o caso durante a madrugada na 17ª SDP.

A morte do sargento Cirineu gerou um clima de comoção em Rio Bom e entre policiais militares do Vale do Ivaí.