Região

Faculdade de Londrina contesta lista da OAB

Da Redação ·

A direção da Faculdade Arthur Thomas, de Londrina, contesta a lista divulgada nesta semana pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), com instituições que tiveram aprovação zero no último Exame da Ordem, realizado em 2010. 

continua após publicidade

Segundo o diretor acadêmico Ewerton Taveira Cangussu, os nove candidatos que fizeram a prova não eram bacharéis em Direito, uma vez que a primeira turma de Direito da faculdade só colará grau em 2012.

"Faltava a esses alunos cursar 1.020 horas de disciplinas dos últimos períodos, equivalentes a 20 disciplinas. Nossa grade curricular possui uma carga horária de 4.930 horas, concentrada nos dois últimos períodos, os quais os alunos ainda não tinham cursado", afirmou o diretor, lembrando que a grade da universidade possui mais de mil horas acima da mínima exigida pelas Diretrizes Curriculares Nacionais.

continua após publicidade

Ewerton ressalta que este ano recebeu a visita do Ministério da Educação (MEC) para reconhecimento do curso de Direito, obtendo a nota mais alta de Direito ao lado de outras duas universidades de Londrina.