Região

Frio deixa retrato dos estragos na região

Da Redação ·
Gado campeia em pastagem seca em São João do Ivaí
fonte: Delair Garcia - Tribuna do Norte - Diário do Paraná
Gado campeia em pastagem seca em São João do Ivaí

O que era verde agora ficou preto ou amarelo de queimado. As geadas registradas no início desta semana em todo o Paraná e, em especial, no Vale do Ivaí, trouxeram grandes prejuízos para os produtores rurais. Embora nem todas as lavouras tenham sido seriamente afetadas, o fato é que uma nova paisagem, nada agradável, cobre hoje a região, para desespero dos agricultores.

continua após publicidade


O fenômeno danificou milho safrinha, trigo, café, hortaliças, bananeiras e pastagens, entre outras culturas perenes. O que era para ser lucro agora passou a ser prejuízo. Esta é uma situação que só o homem do campo, aquele que produz alimentos, está sujeito e sempre é pego de surpresa.


Quem percorreu lavouras ou simplesmente passou pelas estradas do Vale do Ivaí a partir de terça-feira pode perceber que o retrato da região já não é o mesmo em todos os municípios. O semblante de quem estava esperançoso de uma boa safra agora está pálido, como de quem foi castigado pela natureza.

continua após publicidade


“Podemos dizer que a situação é grave mesmo”, diz o agrônomo Sérgio Carlos Empinotti, responsável pelo Departamento de Economia Rural (Deral), do Núcleo Regional da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), de Ivaiporã. Segundo ele, esta que é considerada a maior geada dos últimos 11 anos trouxe prejuízos em toda a região.

(Leia matéria completa na edição de domngo (03) da Tribuna do Norte - Diário do Paraná)