Região

Policiais apreendem 31 quilos de drogas em Curitiba e Pinhais

Da Redação ·

A Força Samurai e a Companhia de Polícia Choque da Polícia Militar, em parceria com a Polícia Federal, apreenderam no final da tarde de sexta-feira (13), cerca 31 quilos de entorpecentes, entre pasta base, cocaína e crack, no Jardim das Américas, próximo ao Moradias Cajuru, e Jardim Tropical, em Pinhais. Dois veículos, celulares e seis balanças de precisão também foram encontrados pela PM.De acordo com o comandante do Policiamento da Capital, Jorge Costa Filho, a ação foi realizada após levantamentos feitos com base em denúncias anônimas ao 181-Narcodenúncia. "Numa ação integrada, conseguimos fazer esta grande apreensão de drogas e, com certeza, isso vai evitar alguns crimes na sociedade curitibana", relatou.Cães farejadores, do Canil da polícia de Choque, também ajudaram na localização das drogas. "Devido ao aguçado faro do animal a substância tóxica pode ser localizada em locais de difícil acesso e, nesta situação específica, os cães foram fundamentais já que a droga estava escondida nos forros do carro", disse o comandante.De posse de informações do 181, os militares acompanhados dos cães, se deslocaram para o bairro Jardim das Américas, onde teria sido visto um veículo Celta, com as características citadas nas denúncias. Em seguida, o carro foi localizado, abordado e vistoriado, sendo encontrado cerca de 14 quilos de pasta base de cocaína, dois homens e uma mulher, no seu interior. Também foi apreendida uma camionete S10, com mais duas mulheres integrantes do grupo, as quais também foram detidas."Em seguida, com base em novas informações, os policiais seguiram até o Jardim Tropical, em Pinhais, onde encontraram atrás de um fundo falso de armário, em uma residência, o restante da droga, aproximadamente 17 quilos de substância entorpecente, entre pasta base, cocaína e crack", disse o coronel. Os detidos, os veículos e o material apreendido foram encaminhados à Superintendência da Polícia Federal para que providências fossem tomadas.O comandante da Companhia de Polícia de Choque, major Chehade Elias Geha, destacou a importância das parcerias em trabalhos como este. "É mais um saldo bastante positivo para a Polícia Militar e para o Estado do Paraná, ou seja, os resultados da Operação Samurai e do telefone 181, que mantém o anonimato do informante, são excelentes", disse.Ele também enfatizou o trabalho, em conjunto, entre as Polícias Federal e Militar. "O resultado do trabalho em pareceria com a Polícia Federal e Companhia de Choque tem sido ótimo, sobretudo, com a participação da comunidade, fator fundamental nesse processo", explicou 0 major Chehade.

continua após publicidade