Região

Dezesseis dias após incêndio ainda há fogo em cooperativa

Da Redação ·

Quase vinte dias após o incêndio que destruiu o barracão de quase quatro mil metros quadrados e 200 toneladas de materiais recicláveis, além de equipamentos e caminhões, da Cooperativa dos Catadores e Apucarana (Cocap), ainda havia focos do incêndio hoje em uma pilha de materiais, que foi remexida pelos cooperados.

continua após publicidade

Nem as chuvas que caíram na cidade nos últimos dias, conseguiram eliminar totalmente o fogo, que segundo os cooperados queimava vagarosamente, por baixo de uma quantidade de material. Ontem eles apagaram o fogo usando baldes d' àgua.

continua após publicidade
O lixo, resultante da queima dos materiais recicláveis, que não tem mais condições de serem aproveitados, ainda não foi retirado pela prefeitura municipal e há o risco de nova queima. Ainda pode pagar fogo neste material, porque alguns não foram queimados totalmente, afirma Itamar Gomes de Oliveira, coordenador da Cocap.

A prefeitura deve remover os resíduos, que  vão ser levados para o aterro sanitário, pois não há outra destinação com a queima, entretanto ainda não autorizou o trabalho no que sobrou do barracão da cooperativa.

Um outro imóvel está sendo viabilizado para a instalação provisória da Cocap, para que o recolhimento dos materiais recicláveis em Apucarana possa ser retomado.