Região

PRF já registrou 317 acidentes nas estradas do PR

Da Redação ·

As Polícias Rodoviária Federal e Estadual registraram, em um balanço parcial da Operação Carnaval, que começou  sexta-feira (20),  317 acidentes até agora nas estradas que cortam o Paraná. Nove pessoas morreram e 234 ficaram feridas.

continua após publicidade

No ano passado, durante todo o feriado, 14 pessoas morreram nas estradas paranaenses. Ontem (24), último dia de carnaval, a Ecovia, concessionária que administra o trecho que liga Curitiba ao litoral -  para onde viajou a maioria dos curitibanos - calcula que aproximadamente 26 mil veículos devem retornar à cidade.

O maior movimento na BR-277 é aguardado entre 14h e 21 horas, o equivalente a quatro vezes mais do que o registrado normalmente. A concessionária estima  um movimento de cerca de 2,5 mil carros por hora e o mesmo pico deve ocorrer amanhã (25), entre 10h e 20 horas.

continua após publicidade
Na BR-376, que liga o Paraná às praias de Santa Catarina, a Polícia Rodoviária Federal prevê um movimento mais intenso hoje, de 3.800 veículos por hora, no retorno a Curitiba,  entre 14h e 18h. A previsão do tempo para hoje deve apressar a volta dos foliões. Segundo o serviço de meteorologia do estado, o Instituto Tecnológico Simepar, depois de quatro dias de sol, uma frente fria chega ao estado com  chuvas. A temperatura  cai de 30 para 22 graus.  
continua após publicidade
Com a chuva, segundo o inspetor Fabiano Moreno, da Comunicação da Polícia Rodoviária Federal, o cuidado deve ser redobrado nas estradas. Ele disse que a fiscalização foi intensificada em todo o estado, e que os motoristas que forem flagrados dirigindo embriagados serão punidos com multas e/ou retenção do carro. Dependendo da gravidade do caso, o motorista pode ter a carteira de habilitação suspensa, pode ser detido e  responder criminalmente. A população tem sido um grande apoio à polícia na segurança das estradas.  O usuário que flagrar qualquer irregularidade pode entrar em contato pelo telefone 191, recomenda o inspetor.  De acordo ele, em dias de feriados, quando aumenta o número de carros nas rodovias, as infrações mais registradas são o excesso de velocidade e as ultrapassagens em locais proibidos. Radares estão espalhados por todo o estado. Desde o início do carnaval, 4 mil motoristas foram flagrados dirigindo em alta velocidade.