Região

Taxista e filho de Rolândia são baleados em Arapongas

Da Redação ·

No início da madrugada desta segunda-feira (9), o  taxista Mario Brito, de 64 anos, e seu filho e seu filho M.H.B., de 14 anos, foram encontrados feridos por projéteis de arma de fogo no interior de veículo parado na Avenida Maracanã, no Parque Industrial II de Arapongas (região Sul da cidade), na saída para Apucarana.

continua após publicidade

De acordo com a PM,Mario é taxista em Rolândia e foi localizado junto o filho menor no interior do veiculo Santana Quantum, placas GOB- 3159 (Rolândia). Ambos apresentavam lesões graves provocadas pelos tiros (pirncipalmente na cabeça), foram socorridos por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Arapongas e encaminhados ao Hospital Regional João de Freitas.

A polícia apurou junto a familiares das vítimas que o taxista teria sido contratado por telefone para apanhar um cliente em Arapongas e chamou o filho para ir junto com ele fazer a corrida.

continua após publicidade

Conforme transeuntes que testemunharam a dupla tentativa de assassinato, um rapaz efetuou os disparos em direção ao taxista e seu filho em seguida saiu correndo a pé do local, tomando o sentido da Vila Aparecida. O autor dos tiros não foi mais localizado pela polícia.

Neste ano a polícia de Arapongas já registrou oito tentativas de assassinato e quatro consumações de homicídios.

2008 - No ano passado, 25 pessoas foram mortas em Arapongas e uma mulher morreu no hospital após ser baleada e ficar internada por alguns dias.

DROGAS - O delegado titular da 30ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), Antônio Brandão Neto, observa que pelo menos 80% dos crimes contra a vida registrados em Arapongas em 2008 tem alguma relação com o tráfico ou consumo de drogas