Região

Casos de AIDS avançam e preocupam na região

Da Redação ·
O coordenador do Centro de Saúde e Dignidade: Núcleo de Aconselhamento, Testagem e Tratamento de Apucarana (Natta), enfermeiro Jonas Batista de Campos, através do Programa Municipal de DST/AIDS, divulgou nesta sexta-feira (6), o boletim epidemiológico referente a 2008 e ao primeiro mês de 2009.
continua após publicidade
De acordo com dados o boletim registrou, no ano passado, 55 casos de AIDS sendo: 43 casos de pessoas residentes em Apucarana e 12 casos de pessoas de outros municípios. Destes 55 casos, 38 são do sexo masculino e 17 do sexo feminino. Também foram registrados oito casos de HIV positivos em gestantes, detalha o coordenador do NATTA. Em 2009, em apenas um mês, 11 casos foram notificados e os pacientes já estão em tratamento. Jonas alerta que muitas pessoas são soropositivo (portador de anticorpos no sangue que provem a presença de um agente infeccioso) e não sabem. Pedimos à população que redobrem os cuidados. A partir deste ano estamos disponibilizando gratuitamente, na sede do NATTA, o teste rápido anti-HIV. Os resultados são conhecidos em apenas quinze minutos, explica.
continua após publicidade
Maria Neusa Sousa de Oliveira, diretora adjunta da Autarquia Municipal de Saúde, revela que este ano, o trabalho de prevenção no carnaval deverá ser intensificado em Apucarana. Já estamos programando a campanha para o carnaval, que a exemplo da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde, deverá ter como alvo as mulheres com mais de 50 anos. O tema será Bloco da Mulher Madura. O crescimento nesta faixa etária, de casos de AIDS, vem assustando, revela Maria Neusa. NATTA - Além do NATTA, o local abriga ainda o Centro de Testagem e Aconselhamento - CTA e o Serviço de Assistência/Atenção Especializada - SAE. No local são disponibilizados gratuitamente à população testagem HIV (teste ELISA); testagem HV (hepatite) em caso de acidente pérfuro cortante; médico infectologista; médico ginecologista; psicóloga; assistência social; distribuição de preservativos (masculino e feminino); orientação sobre o uso e importância do uso de preservativo; aconselhamento coletivo e individual; assistência aos portadores de HIV/Aids; grupo de apoio e adesão (direcionado aos portadores); palestras educativas sobre HIV/DST, Aids e Hepatite; palestras gratuitas nas escolas/empresas/faculdades; distribuição de material educativo e informativo; campanhas de prevenção; atendimento à população confinada e campo de estágio para Serviço Social e Psicologia. A equipe é composta por coordenador; médico infectologista; médico ginecologista; assistente social; psicóloga; auxiliares de enfermagem; aconselhador; auxiliar de serviços gerais e estagiários. Atendimento - O Natta está instalado na Rua Galdino Gluck Júnior, nº 60 (em frente ao Colégio Evolução). O atendimento a população é feito de segunda a sexta-feira, das 7 às 18 horas. Informações (43) 3901-1066.