Região

PM desocupa fazenda em Marilândia do Sul

Da Redação ·

Cerca de 200 policiais militares de cinco batalhões do Paraná em dezenas de viaturas desocuparam, pacificamente, a fazenda Antártica, em Marilândia do Sul, no Norte do Estado. Oitenta pessoas do Movimento dos Agricultores Sem Terra (Mast), que estavam acampadas naquela propriedade há um ano e meio, saíram do local. Cerca de 200 agentes da Polícia Militar, Batalhão da Polícia Rodoviária, Polícia Ambiental - Força Verde e Corpo de Bombeiros participaram da ação. Os sem-terra ocupavam parcialmente a área e tinham aproximadamente 300 cabeças de gado, que foram transportadas para propriedades de parentes e amigos, em Marilândia e Faxinal. Praticamente todos os integrantes foram levados para casas de parentes em Marilândia, com exceção de 10 famílias que não tinham para onde ir e foram encaminhadas para o ginásio de esportes do município.A área da fazenda era de 166 alqueires paulistas (aproximadamente 4 mil quilômetros quadrados) destinada a criação de gado. Estava ocupada desde julho de 2007, por integrantes do Mast procedentes de Marilândia do Sul e de outros municípios do Vale do Ivaí. Esta é a segunda propriedade rural desocupada em 2009. A primeira foi na última quinta-feira (22), quando 30 famílias pertencentes à Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag) desocuparam a Fazenda Palheta, em Alvorada do Sul.

continua após publicidade

Mais informações na edição impressa de amanhã (4) daTribuna do Norte - Diário do Paraná