Região

Governo vai licitar obras de cinco hospitais em fevereiro

Da Redação ·

Cinco hospitais no Paraná terão as obras licitadas pela Secretaria de Obras Públicas (Seop) no início de fevereiro. São serviços de conclusão das reformas e ampliações dos Hospitais da Zona Sul e Zona Norte de Londrina, de conclusão da construção do Hospital Wallace Thadeu de Mello e Silva, de Guaraqueçaba, de ampliação do Hospital Universitário de Maringá e a de construção do Hospital Regional de Telêmaco Borba. Os investimentos chegam a R$ 33,8 milhões.No dia 3 de fevereiro, pela manhã, serão abertas as propostas para as obras do Hospital Eulalino Ignácio de Andrade, o Zona Sul, com valor máximo de R$ 4.6 milhões e para o Hospital Anísio Figueiredo, Zona Norte, com valor máximo de R$ 5,2 milhões, ambos em Londrina. Ainda no dia 3, às 14 horas, serão abertas as propostas para a conclusão do Hospital Wallace Thadeu de Mello e Silva, em Guaraqueçaba, com valor máximo de R$ 2,032 milhões.No dia 5 de fevereiro, às 9 horas, serão abertas as propostas para construção do Hospital Regional de Telêmaco Borba, com valor máximo de R$ 17,8 milhões e às 10h30, será a vez do Hospital Universitário de Maringá, que tem valor máximo estipulado em R$ 4,088 milhões. Dos investimentos para a ampliação do Hospital Universitário, R$ 3,4 milhões são recursos do tesouro do Estado e R$ 673 mil são responsabilidade da Universidade Estadual de Maringá.O Hospital de Guaraqueçaba teve 51% dos serviços executados, quando a obra foi paralisada em setembro de 2006. A obra deverá ser concluída em 90 dias, a partir da assinatura do contrato. Já o Hospital da Zona Sul de Londrina terá um prazo de 360 dias para a conclusão das obras de reforma e ampliação e o Hospital da Zona Norte, 420 dias.O Hospital de Telêmaco Borba, com área total aproximada de 7.200 metros quadrados, irá abrigar atividades de atendimento ambulatorial com os setores de Pronto-Socorro, Pronto-Atendimento, Centro de imagens, Internamento, Centro cirúrgico, Centro obstétrico, Central de esterilização, Laboratório, Serviço de nutrição e dietética, Serviço de processamento de roupa e demais unidades de apoio, recepção, administração e sanitários. Serão 161 leitos, sendo 104 de internação e 57 de observação. O prazo de execução será de 450 dias, a partir da assinatura do contrato com a Seop.As empresas interessadas em participar das licitações devem comprar os editais na sede da Seop, à Rua Pedro Ivo, 386, em Curitiba, ou nos Escritórios Regionais espalhados pelo interior do Estado.

continua após publicidade