Região

Comércio de Apucarana estuda megaliquidação

Da Redação ·
Os lojistas de Apucarana conheceram na noite de ontem a campanha da 1ª Apucarana Liquida. A ação, que foi apresentada na sede do Serviço Social do Comércio (SESC), é uma iniciativa do Sindicato do Comércio Varejista de Apucarana (Sivana), junto à Câmara de Mulheres Empreendedoras de Apucarana, órgão anexo à entidade sindical. "A intenção é fazer uma mega-liquidação, algo bem forte na cidade, parecido com o que já acontece com na Festoque", define o vice-presidente do Sivana, Osnei José Simões Santos.
continua após publicidade
No entanto, o empresário explica que a liquidação antecipada, ainda sem data marcada, não deverá utilizar um espaço especial, como acontece com a tradicional feira."Serão três dias de queima na própria loja, provavelmente uma sexta-feira, um sábado e um domingo. Os descontos vão oscilar bastante, podendo ultrapassar os 50%, dependendo da loja e do tipo do produto", adianta.
continua após publicidade
Trata-se, segundo ele, de uma oportunidade para que os comerciantes possam eliminar os estoques desta estação e, assim, abastecer as lojas com mercadorias que sigam às novas tendências da moda. "Há várias vantagens, porque o cliente vai poder comprar por um preço menor e o lojista desovar a mercadoria, se preparando para a mudança de clima", analisa.
continua após publicidade
Santos também aponta que o objetivo da promoção é fortalecer o comércio sem gerar custos para os lojistas. "O sindicato vai bancar tudo, desde a divulgação à organização do evento. É uma forma de ajudar o comerciante a fazer dinheiro, já que ele só vai ter de arcar com os gastos do funcionário", sustenta ele, ao lembrar que se trata de uma idéia antiga. "Isso já vem de um planejamento, algo que surgiu há mais de sete meses. Discutimos com pessoas entendidas do assunto, para que realmente os empresários pudessem participar sem que isso pesasse", frisa. Por isso, o vice-presidente do Sivan revela que a expectativa para a 1ª Apucarana Liquida é grande. "Esperamos que todos os lojistas do município façam a adesão e que esta mega-liquidação possa atrair toda a cidade", diz. "O objetivo agora é que os comerciantes discutam a proposta, que tem condições de alavancar as vendas no varejo", conclui.