Região

Contribuinte de Londrina pode emitir guia de IPTU pela Internet

Da Redação ·
A Prefeitura de Londrina, por meio da Secretaria de Fazenda, está oferecendo aos contribuintes um meio para se retirar a 2ª via do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) deste ano. Conforme o secretário Denílson Vieira Novaes, o interessado pode acessar o site home.londrina.pr.gov.br/servicos/iptu/segundavia, e emitir o documento de pagamento do imposto. É só digitar o número de identificação do carnê de IPTU do ano passado, escolher a forma e a data de pagamento, e emitir a 2ª via, explicou.

De acordo com Novaes, este serviço tem o objetivo de evitar o acúmulo de pessoas no saguão da Prefeitura de Londrina, que estão interessadas em informações sobre o pagamento do IPTU. As pessoas que não querem esperar o carnê deste ano podem realizar a emissão do documento pela Internet. É um meio prático para aqueles que já tem condições de pagar o imposto anual, destacou.

continua após publicidade

Em relação à distribuição dos carnês de IPTU, o secretário informou que eles estão sendo confeccionados, e que a distribuição será realizada a partir desta quinta-feira (dia 15), em todo o município. O 1º lote de janeiro chegará esta semana em Londrina para ser distribuído. O contribuinte não tem com o que se preocupar, citou. Segundo ele, a pessoa que já pagou o imposto por meio da guia emitida pela Internet, deverá guardar o documento com o carnê recebido. Com isso, o interessado poderá provar o pagamento, caso isso seja necessário, recomendou.

Denílson Novaes enfatizou, ainda, que o interessado que procura a prefeitura para conseguir informações sobre a isenção do IPTU não deve se preocupar. Ainda está muito cedo para que o contribuinte isento nos procure. Ele não precisa vir agora, já que terá todo o mês de fevereiro para fazer isso, sugeriu o secretário.

continua após publicidade

Para este ano, a Secretaria de Fazenda deverá emitir, de acordo com o Novaes, cerca de 180 mil carnês do imposto para os contribuintes de todo o município. Neste ano, houve uma correção monetário de 6,1% junto ao IPTU, acrescentou. O secretário salientou que a pessoa que pode pagar o imposto à vista terá 10% de desconto. É uma opção interessante para quem tem disponibilidade de realizar esta forma de pagamento, garantiu.