Região

Menores recebem ajuda contra vício

Da Redação ·

Nos últimos 7 meses, 25 adolescentes de Apucarana foram encaminhados para tratamento contra dependência de droga em hospitais psiquiátricos de Maringá, Jandaia do Sul e Rolância. Entre eles estão os 6 menores que vivivam pelas ruas da cidade pedindo dinheiro para se alimentar, mas que na realidade era usado para compra de crack.

continua após publicidade

 Esse é o resultado da nova política do Conselho Tutelar que intensificou a abordagem dos adolescentes usuários de droga da cidade, seja os que já viviam praticamente na rua por causa do vício ou com envol-vimento em ocorrências policiais. Segundo o presidente do Conselho, Altair Ribeiro, a luta por vagas para tratar os adolescentes é grande. Temos mais 7 a espera de uma oportunidade de receber ajuda médica para deixar a droga. Se tivéssemos mais 15 ou 20 vagas poderíamos preenchê-las, pois temos o registro de 91 casos de abordagem de usuários de drogas", informa.

Como o adolescente só vai para o tratamento por vontade própria, o ritmo do trabalho de convencimento realizado pelo conselho está condicionado a oferta de vagas para internamento. O resultado é animador. Dos 20 que já concluíram tratamento, apenas 5 voltaram para as drogas.