Região

Mauá da Serra põe fim ao lixão a céu aberto

Da Redação ·
 Aterro de Mauá da Serra tem grande vala revestida com lona impermeável
fonte: Delair Garcia - Tribuna do Norte - Diário do Paraná
Aterro de Mauá da Serra tem grande vala revestida com lona impermeável

O problema do lixão a céu aberto, comum na maioria das cidades do Vale do Ivaí, está prestes a ser solucionado em Mauá da Serra. Depois de ser notificada em 2008 através de uma Ação Civil Pública pela Promotoria do Meio Ambiente da Comarca de Marilândia do Sul, como aconteceu com prefeituras de outras Comarcas da região, finalmente a administração municipal conseguiu dar um jeito na situação. Em breve, a Prefeitura estará colocando à disposição da comunidade um dos maiores e mais modernos aterros sanitários do Norte do Estado. 

continua após publicidade

“Será um aterro para durar cerca de 40 anos ou mais”, garante o prefeito Hermes Wicthoff (PMDB), afirmando não ver a hora de a unidade entrar em funcionamento, juntamente com um projeto paralelo de coleta seletiva e comercialização do lixo reciclável.


O Aterro Sanitário, que está na fase de conclusão, vai ocupar uma área de 36 mil metros quadrados localizada na Estrada Colônia Fuji, a 2 quilômetros da cidade. A unidade constará de uma grande vala revestida por uma lona impermeável, onde será enterrado o lixo ruim, que corresponde a 20% do montante dos resíduos após feita a separação.

continua após publicidade

No local também haverá um barracão de 300 metros quadrados com esteira, onde será feita a separação, prensa e área de compostagem. Dali o material reciclado sairá pronto para comercialização. Também estão sendo construídos refeitório, banheiros e escritório para os recicladores. (Leia reportagem completa na edição de domingo da Tribuna do Norte)