Região

Maringá: namorado diz que tiro acidental matou moça

Da Redação ·

A Polícia Civil de Maringá confirmou neste domingo (28) que instaurou inquérito e investiga as circunstâncias exatas da morte de Simone Perlobornia, de 25 anos. O crime registrado na noite deste sábado (27), na Rua Distrito Federal, Jardim Novo Horizonte.

continua após publicidade

Segundo a polícia, o ex-namorado da vítima, Marcos Colli Johann, seria o principal de ser o autor do homicídio.

continua após publicidade
Investigadores detalharam que a moça morreu logo após ser atingida por um tiro de revólver calibre 38 no pescoço, disparado por Johann que, após ser detido, afirmou à polícia que o tiro teria sido acidental. Segundo o ex-namorado, ele estava mostrando o revólver para Simone quando a arma disparou. Para a polícia, a história de Johann não esclarece vários pontos, como o porquê de ele procurar a ex-namorada, por que mostrar-lhe uma arma. Além disso, o rapaz não tem qualquer tipo de licença para portar arma de fogo. As informações são do Portal ODiarioOnLine