Região

Governo recolhe 1,6 mil toneladas de lixo no Litoral do PR em 9 dias

Da Redação ·
A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos já garantiu o recolhimento de 1,6 mil toneladas de lixo, entre os dias 20 e 29 de dezembro - primeiros nove dias da Operação Viva o Verão - nos municípios do litoral. O volume de resíduos retirado das ruas e residências é 27% maior que a quantidade recolhida no mesmo período de 2007 e 31% maior, que nos primeiros nove dias da temporada de 2006.
continua após publicidade
Foram recolhidas 602 toneladas de lixo domiciliar em Matinhos; 548 toneladas, em Guaratuba; 450 toneladas, em Pontal do Paraná e 18 toneladas, na Ilha do Mel. Quando o Governo do Estado assumiu a coleta de lixo, em 20 de dezembro, já fazia um mês que o serviço municipal funcionava precariamente, causando acúmulo de resíduos nas ruas e lixeiras. Apesar de a limpeza das praias e coleta de lixo serem responsabilidades municipais e cobradas juntamente com o IPTU, o governo estadual colabora com as prefeituras devido ao aumento da população neste período, explicou o secretário do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Rasca Rodrigues. Ele comandou pessoalmente o trabalho das equipes de coleta de lixo nas ruas, durante o período mais crítico.
continua após publicidade
Para tornar mais rápida a coleta e normalizar a situação, o secretário Rasca exigiu da empresa contratada para fazer a coleta, mais dez caminhões caçamba nas ruas. Cerca de 600 profissionais e 50 caminhões estão nas ruas fazendo a coleta, inclusive no período da noite. O geólogo Everton de Souza, que chefia e monitora as equipes de coleta de lixo pela Suderhsa (Superintendência de Desenvolvimento de Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental), conta que, nos últimos dias, os caminhões fizeram o recolhimento de lixo até o começo da madrugada. Para que se tenha uma idéia no volume de lixo que encontramos nas ruas quando começamos o trabalho, um trecho que o caminhão fazia geralmente em três horas, estava sendo percorrido em seis horas, contou Everton. ESTRUTURA - A Suderhsa, autarquia da Secretaria de Meio Ambiente, é responsável pela coordenação técnica da coleta de lixo. Estão sendo investidos R$ 5 milhões para o recolhimento do lixo comum e reciclável, varrição de ruas, roçadas e limpeza de praias por 78 dias.
continua após publicidade
Além da coleta de lixo, a empresa contratada também será responsável pela varrição de ruas e roçadas e ainda apoiará, como em anos anteriores, as prefeituras litorâneas na operação dos aterros sanitários. Ainda de acordo com Souza, estão disponíveis material para cobertura - como argila - e equipamentos para o manejo, como tratores que auxiliam a compactação dos resíduos.