Região

Testemunhas são ouvidas em ação contra o vereador Alcides Ramos (DEM)

Da Redação ·

O juiz Katsujo Nakadomari, diretor do Fórum Desembargador Clotário Portugal, da Comarca de Apucarana, confirmou que foram ouvidas na tarde desta quarta-feira (10) testemunhas arroladas em Ação de Investigação Judicial que apura possíveis denúncias de abuso de poder econômico contra o vereador reeleito Alcides Ramos Júnior, do Partido dos Democratas (DEM).

continua após publicidade

A ação foi proposta pelo Ministério Público (MP) da Comarca de Apucarana e também pelo advogado contratado da parte interessada, o candidato derrotado para vereador e radialista Luiz Magalhães. Ambos são do mesmo partido.

Alcides Ramos assegura ser inocente e seu advogado, José Teodoro Alves, atesta a argumentação do vereador do DEM. Já Luis Magalhães afirma confiar na Justiça e adianta que vai deixar o DEM assim que isso seja possível.Se for considerado culpado em todas as instâncias, Alcides pode perder seus direitos políticos e deixar a Câmara em 31 de Dezembro, ficando sem o mandato para o qual foi reeleito.

continua após publicidade