Região

Sanepar encerra Conferência Latino-Americana de Saneamento

Da Redação ·
 Presidente da Sanepar, Stênio Jacob
fonte: Google Imagens
Presidente da Sanepar, Stênio Jacob

O presidente da Sanepar, Stênio Jacob, em nome do governador Roberto Requião, fez na noite desta quarta-feira (17), o encerramento da 2a Conferência Latino-americana de Saneamento (Latinosan 2010), que aconteceu em Foz do Iguaçu e que reuniu 25 instituições.

continua após publicidade

Na mesma cerimônia, 10 países e duas instituições da América Latina assinaram a “Declaração de Foz de Iguaçu”, reafirmando as iniciativas e os esforços em prol do saneamento básico, consolidando o compromisso para a superação da pobreza e alcance das Metas do Milênio até 2015.

Ficou decidido também que a terceira edição da Latinosan acontecerá em 2013, no Panamá. O convite foi oficializado ao representante do Ministério do Meio Ambiente daquel país, Julio Castillo. “Podemos chegar a 2015 cumprindo as metas e melhorando a qualidade de vida. Para nós, Foz do Iguaçu foi o melhor lugar para acontecer este encontro, pois aqui tem geração de energia, água e reflorestamento”, definiu Castillo.

continua após publicidade

Durante o encontro, que reuniu representantes de governos, técnicos do setor do saneamento, representantes de companhias de saneamento e acadêmicos, foi constatado que, desde a primeira edição, alguns países apresentaram limitações para alcançar as metas de saneamento, especialmente nas áreas rurais e pequenas localidades.

O vice-ministro de Água e Saneamento Básico da Bolívia, Felipe Quispe, disse que só conseguirão atingir as metas se houver investimentos e cooperação internacional. “Nós temos uma bolsa de recursos, mas precisamos de mais dinheiro para ter um tratamento adequado de água potável”.

Os participantes reconheceram a necessidade de proteger e restaurar os ecossistemas, ampliar o acesso dos serviços de fornecimento de água e priorizar a gestão das águas pluviais.

O documento reforça o uso de resíduos sólidos e prioriza a sustentabilidade socioeconômica e ambiental desde a geração até a disposição final. Entre as 15 diretrizes eleitas como prioritárias até o próximo encontro, em 2013, a mais importante foi a de criar o Grupo Técnico Latinosan, reunindo especialistas de diferentes países, para acompanhar o desenvolvimento das ações para o cumprimento das Metas do Milênio e das recomendações tiradas nos painéis e mesas redondas realizadas em Foz do Iguaçu