Região

Acusados de assassinar policial federal são presos em Foz do Iguaçu

Da Redação ·

Policiais civis da 6º Subdivisão de Foz do Iguaçu prenderam ontem (6), por volta das 22 horas, três homens acusados de assassinar o agente da Polícia Federal Everaldo José Pamplona, 59 anos, durante um assalto. Ueliton Lima da Silva, 19 anos, Oziel Pereira da Silva, 25, e um adolescente, teriam tentado roubar o automóvel do policial federal por volta das 18 horas de sábado. Com a reação da vítima, houve troca de tiros. Um dos assaltantes ficou ferido e Everaldo morreu na hora.

continua após publicidade

"A gravidade do fato pedia uma resposta rápida, o que foi feito. O trabalho integrado das polícias civil, federal e militar foi fundamental para o sucesso da operação. Agora, os acusados estão à disposição da Justiça e serão punidos pelo crime que cometeram", afirmou o delegado da 6º SDP de Foz do Iguaçu, Luís Rogério Ramos Sodré.

Por volta da 18 horas, Everaldo José Pamplona teria sido abordado por Ueliton e Oziel que lhe deram voz de assalto, enquanto o terceiro assaltante (o adolescente) acompanhava a cena um pouco mais afastado. Eles queriam a caminhonete S-10 do policial federal, que reagiu atirando em Ueliton. Em seguida, a vítima foi alvejada com quatro tiros nas costas disparados por Oziel e morreu na hora. Uelinton foi socorrido pelo Siate e os outros dois assaltantes fugiram. O crime aconteceu no bairro Jardim Dourado, em Foz do Iguaçu.

continua após publicidade

"Logo após o fato, iniciou-se uma operação conjunta da polícia civil e polícia federal", conta o delegado Luiz Rogério. No primeiro momento, Ueliton revelou para a polícia a identidade dos outros participantes do crime. A partir daí, várias equipes de policiais civis, federais e militares saíram em busca dos outros dois acusados. Por volta das 22 horas, o adolescente foi apreendido em casa e Oziel nas proximidades de sua residência. A arma utilizada no assalto, um revolver calibre 38, também foi apreendida pela polícia na casa de Oziel.

Os acusados foram autuados em flagrante por latrocínio (roubo seguido de morte). Ueliton permanece internado no Hospital Cataratas, Oziel está detido na 6º SDP de Foz do Iguaçu e o adolescente foi encaminhado ao estabelecimento de internação de adolescentes infratores. Dos três assaltantes, apenas Oziel já possui antecedentes criminais. Há vinte dias ele saiu da prisão em Foz do Iguaçu, onde ficou detido por furto e receptação.