Região

Pedágio em Iguatemi vai alertar sobre a dengue

Da Redação ·

A Secretaria da Saúde, com apoio da Viapar e da Polícia Rodoviária, promove neste sábado (6), o 2º Pedágio contra a Dengue, no trevo da BR 376. Funcionários da Unidade Básica de Saúde de Iguatemi e voluntários estarão entregando folhetos e orientando as pessoas sobre a necessidade de combater o mosquito da dengue em toda a região.

continua após publicidade

O secretário Antônio Carlos Nardi lembra que aos sábados moradores de toda a região passam pelo trevo de Iguatemi, e o pedágio ganha um grande alcance. "Vamos mostrar às pessoas que a mobilização contra a dengue é constante e necessária em todos os municípios", explica.

A principal recomendação no momento, de acordo com Nardi, é eliminar os resíduos sólidos como copos, sacos e garrafas plásticas e outros produtos abandonados em quintais e terrenos baldios e que podem acumular água. O último levantamento realizado em Maringá mostrou que mais de 50% dos focos do mosquito foram localizados em resíduos em quintais e terrenos baldios.

continua após publicidade

Na sequência, aparecem os pratos de vasos de plantas e reservatórios de água. "São todas condições onde o morador pode evitar a água parada, mas é preciso estar sempre alerta", recomenda Nardi. A diretora da unidade de Iguatemi, Ana Paula Merry, diz que o pedágio pretende alertar as pessoas também para os cuidados no período de férias e festas, quando as famílias viajam e deixam casas e apartamentos fechados.

Ela lembra que na maioria das vezes as famílias trancam as casas e saem a passeio por alguns dias sem vistoriar se existe algum objeto que pode acumular água dentro de casa ou no quintal. O pedágio pretende sensibilizar também os moradores de Iguatemi, onde os focos e os casos de dengue estão controlados. "O trabalho dos agentes tem dado resultados e não confirmamos nenhum caso no distrito este ano", conta Ana Paula.