Região

Noivas evitam atraso para não serem multadas

Da Redação ·

Pouco mais de um mês após o anúncio de que noivas atrasadas seriam multadas na Catedral Nossa Senhora de Lourdes, em Apucarana, os casamentos na igreja ainda não renderam prejuízos a quem está começando uma vida nova. No início de fevereiro, o monsenhor Roberto Carrara, que celebra missas na Catedral, havia decidido cobrar R$ 500 das noivas que não aparecessem na igreja na hora marcada. Apesar da repercussão que o alerta ganhou, ele relata que ainda não precisou aplicar as tão comentadas multas na cidade.

continua após publicidade

“Tivemos poucos casamentos desde então, mas não houve nenhum atraso. Mesmo assim, ainda continuamos recebendo agradecimentos de pessoas de todo o Brasil, principalmente convidados de casamentos. Percebemos que os atrasos de noivas eram propositais”, comenta Carrara.

continua após publicidade

Os R$ 500 que seriam embolsados pela Catedral Nossa Senhora de Lourdes pelos atrasos dos casamentos seriam empregados no pagamento de despesas da própria igreja.