Região

Aterro de Cianorte desperta interesse de Rio Branco do Sul

Da Redação ·

O prefeito de Rio Branco do Sul, Emerson Santo Stresser, acompanhado por vereadores e secretários municipais visitou nesta sexta-feira (18) o aterro sanitário de Cianorte, cuja gestão é feita pela Sanepar. Durante a visita técnica, coordenada pelo diretor comercial da companhia, Antonio Carlos Salles Belinati, eles receberam informações sobre questões jurídicas, administrativas e operacionais que envolvem a gestão dos resíduos sólidos na cidade.

continua após publicidade

Rio Branco do Sul ainda não conta com estrutura adequada de aterro sanitário. Atualmente, o lixo produzido pela população – cerca de 25 toneladas por dia –é encaminhado para o “lixão”. Para o prefeito Emerson Santo Stresser, o modelo de gestão usado em Cianorte é o ideal para atender o município. “Temos interesse em levar para a nossa cidade este serviço, nos moldes do que é feito em Cianorte, que é um modelo para todo o País”, disse Stresser.

continua após publicidade

Belinati informa que o sistema de gestão dos resíduos sólidos tem atraído a atenção de prefeituras do Paraná e de outros estados. “Estamos apresentando aos gestores públicos esta modalidade de serviços desenvolvida pela Sanepar e também a busca incessante por novas tecnologias. A Sanepar está capacitada para atender as prefeituras com aproveitamento ideal da gestão dos resíduos sólidos”, afirma.

continua após publicidade

Também participaram da visita o técnico de Meio Ambiente da prefeitura de Rolândia, Paulo Louvato; o gerente geral da Sanepar para a região Noroeste, Paulo Rogério B. Battiston; o gerente de Novos Negócios, Sérgio Sant Ana e o gerente regional da empresa, Eduardo I. Kawassaki Júnior, além de assessores da diretoria.

Novos mercados - Uma das primeiras medidas da nova diretoria da empresa foi criar a Gerência de Resíduos Sólidos, como passo inicial para a empresa lançar-se em novos mercados. A Sanepar já trabalha na área desde 2002. Em Cianorte, a empresa faz a coleta e destinação final do lixo urbano; em Apucarana, é responsável pela gestão do aterro; para os municípios de Terra Boa e São Tomé, presta os serviços de destinação final dos resíduos sólidos urbanos.