Região

Prejuízo no Litoral do PR já chega a R$ 104 milhões

Da Redação ·
 Enchentes atingiram oito municípios no litoral paranaense
fonte: AEN
Enchentes atingiram oito municípios no litoral paranaense

O relatório divulgado no fim da tarde desta quinta-feira (17) pela Defesa Civil aponta que os prejuízos causados pelas chuvas no Litoral somam mais de R$ 104 milhões. Entre os setores mais prejudicados estão a habitação, com prejuízos de R$ 60,152 milhões, estradas (R$ 11,752 milhões) e as áreas agrícolas em toneladas (R$ 10,063 milhões). Os dados foram coletados a partir de relatórios e avaliações encaminhados pelos oito municípios atingidos.  

continua após publicidade

O relatório indica a diminuição do número de pessoas abrigadas em locais temporários (escolas e igrejas) no Litoral. O total passou de 581 na quarta-feira para 461. Em Morretes – um dos municípios em estado de calamidade pública – são 85 pessoas. Em Antonina, 23 moradores deixaram os abrigos públicos.  

Desde o início das chuvas 2.499 pessoas ficaram desabrigadas e estiveram em algum momento nos abrigos públicos. O número de residências danificadas aumentou, segundo o balanço. No momento, Antonina soma 1.200, um aumento de 900 casas se comparado à quarta-feira (16). No total, são 3.906 casas danificadas no Estado.  

continua após publicidade

Nos oito municípios mais afetados, 14.363 pessoas ficaram desalojadas. Estão em casas de amigos e familiares. Foram registradas quatro mortes: duas em Antonina, uma em Morretes e uma em Honório Serpa.  

Os municípios de Antonina e Morretes decretaram estado de calamidade pública. Guaratuba, Honório Serpa e Paranaguá estão em estado de emergência.  

DOAÇÕES – A população do Litoral necessita com urgência de material de limpeza (vassouras, rodos, baldes, panos de chão, sabão em pó, sabão em pedra, água sanitária e desinfetante), colchões e cobertores. A Defesa Civil informa que no momento não há mais necessidade do envio de água.  

As doações podem ser entregues nos seguintes pontos de arrecadação: Rede Big, Mercadorama, Condor e Mufatto e Quartéis do Corpo de Bombeiros. Os colchões devem ser levados para o barracão da Defesa Civil em Curitiba, que fica na Rua Sergipe, 1712 - Vila Guaíra. Para doações em dinheiro, o Provopar abriu a conta corrente 00736-9, no Banco Itaú, agência Agência 4143.