Região

Coleta do lixo custará R$ 12 milhões

Da Redação ·
Cerca de 2,5 mil toneladas de lixo são coletadas por mês pela Sanetran, em Apucarana
fonte: Arquivo TN
Cerca de 2,5 mil toneladas de lixo são coletadas por mês pela Sanetran, em Apucarana

O edital para licitar a contratação de uma empresa de engenharia que faça coleta e o transporte do lixo, em Apucarana, foi aberto hoje pela Prefeitura. Com validade para 48 meses, o contrato previsto no documento tem como valor máximo R$11.904.000,00. O serviço prevê a coleta de 2,8 mil toneladas de resíduos sólidos por mês. A empresa vencedora também será responsável, mensalmente, pelo encaminhamento de 80 toneladas de recicláveis para a Cooperativa dos Catadores de Papel de Apucarana (Cocap), com fornecimento de contêineres metálicos e capacidade de 1,2 mil litros.

continua após publicidade


A abertura das propostas deve ser feita no dia 20 de abril. “O trabalho de licitação todo deve levar em torno de 90 a 120 dias”, afirma o secretário Municipal de Obras e Infraestrutura Urbana, Herivelto Moreno.


Enquanto os contornos da questão são definidos, a coleta e o transporte do lixo em Apucarana serão feitos pela Sanetran Saneamento Ambiental. A empresa, segundo Moreno, está à frente do serviço desde 2002 e tem contrato emergencial com a Prefeitura até junho.

continua após publicidade


De acordo com o secretário, como na atual prestação de serviços, o montante arrecadado pela Prefeitura com a taxa de coleta de lixo deverá ser dividido entre a empresa responsável pelo serviço e a Companhia Paranaense de Saneamento (Sanepar). “Para se ter uma ideia de como funciona, para março, estão previstos R$ 287 mil com a taxa do lixo. Deste total, R$ 80 mil devem ir para a Sanepar e o restante para a Sanetran”, explica Moreno, ao lembrar que, depois que acertar as obras do aterro sanitário, a Sanepar deve receber R$ 130 mil por mês.


Além da Prefeitura, a Sanetran presta serviços para a Sanepar. No ano passado, nove meses após ter firmado um contrato com o município, a estatal assumiu a gestão do aterro sanitário de Apucarana. O serviço, no entanto, ainda é prestado pela Sanetran, terceirizada da Sanepar até o segundo semestre deste ano.


Procurada pela Tribuna, a Sanetran informou que deve concorrer à licitação da coleta de lixo.