Região

Educação de Jovens e Adultos promove noite de festa em Arapongas

Da Redação ·

Os 400 alunos do programa Educação de Jovens e Adultos (EJA) Fase I de Arapongas, reuniram-se nesta semana no Anfiteatro Vianninha, para assistir à premiação da II Maratona de Conhecimentos e a 4ª Mostra de Talentos, promovidas pela Secretaria Municipal de Educação e Esportes (Sedes).

continua após publicidade

O evento reuniu autoridades municipais, amigos e familiares dos estudantes. O secretário municipal de Educação, Luís Roberto dos Santos, destaca que a Sedes busca proporcionar aos alunos do EJA toda a estrutura para que o processo de aprendizagem contribua beneficamente para a formação pessoal de cada um. "É gratificante vermos que independente da idade, estas pessoas encontraram na educação um caminho para colaborar na construção da sociedade, mostrando que qualquer hora é válida para voltar à estudar", disse o secretário durante a solenidade.

Maratona - Segundo a coordenadora pedagógica do EJA, Rosimeire Poli Lopes, a II Maratona de Conhecimentos realizada no dia 31 de outubro, é composta de 30 questões de língua portuguesa e matemática, seguindo o padrão da maratona aplicada anualmente aos alunos do ensino fundamental regular. "Esta é uma das formas que estimulam os alunos à se dedicarem ainda mais.

continua após publicidade

O trabalho desenvolvido no EJA não fica apenas na sala de aula, mas também no aperfeiçoamento e descobrimento de novas habilidades", ressalta.O maior pontuador da Maratona foi Eudécio da Silva da Escola Municipal Albor Pimpão Ferreira, aluno da professora Juliana Trevisoli, assim como o segundo colocado, Eraldo Carlos da Silva. A terceira colocação ficou com o estudante Marcos Roberto Gomes, da Escola Municipal Desembargador Clotário Portugal, aluno da professora Elza Martins.

Cada aluno foi premiado com uma bicicleta e com medalhas de honra ao mérito.TalentosApós a premiação da Maratona, foi a vez dos talentos artísticos ganharem o destaque da noite. Os alunos, em parceria com as professoras, organizaram as apresentações que foram da dança e da música ao teatro, à poesia, além resgatar tradições deixadas um pouco de lado, conforme frisa Rosimeire Poli Lopes. "Começamos com a apresentação do hino de Arapongas e encerramos com o show de músicas de raiz", explica.

Fonte: Assessoria de Imprensa

continua após publicidade