Região

Paraná confirma sexta morte por dengue no Estado

Da Redação ·
Água parada favorece a proliferação do mosquito da dengue
fonte: Arquivo TN
Água parada favorece a proliferação do mosquito da dengue

A Secretaria de Estado de Saúde (Sesa) confirmou ontem a sexta morte por dengue no Paraná. A vítima, uma mulher de 19 anos, residia em Cambará, no Norte Pioneiro. Outros cinco óbitos já haviam sido registrados pela doença neste ano em Jacarezinho (3) e Londrina (2). Desde o início de 2011, a Sesa também já contabilizou 19.215 notificações e 3.333 casos confirmados de dengue, sendo 3.213 autóctones e 120 importados.

continua após publicidade


A 17ª Regional de Saúde (RS), de Londrina, e o município de Londrina apresentam maior número de casos. Dos 1.907 casos da regional, 1.648 são do município. Já os municípios com maior número de notificações no Estado são Londrina (6.630), Jacarezinho (2.139) e Foz do Iguaçu (1.632). Quatro municípios concentram 81,9% (2.729) dos casos de dengue do Estado – Londrina (1.648), Jacarezinho (502), Cornélio Procópio (309), e Foz do Iguaçu (270).


Na região, a 16ª Regional de Saúde (RS) informou que o total de suspeitas da doença subiu de 316 para 329. Arapongas (157) e Apucarana (138) lideram as notificações. Quatorze casos foram confirmados, sendo 11 em Arapongas, e um em Apucarana, Bom Sucesso e Mauá da Serra, cada.