Região

Alagamentos de casas geram reclamações no Jardim Colonial

Da Redação ·
 Moradora do Jardim Colonial limpa a sujeira deixada pela lama
fonte: Sérgio Rodrigo
Moradora do Jardim Colonial limpa a sujeira deixada pela lama

A forte chuva registrada em Apucarana durante a noite de anteontem e madrugada de ontem (10) provocou alagamentos na região do Parque da Raposa e no Jardim Colonial (região Leste da cidade Apucarana). De acordo com a  oordenadoria da Defesa Civil, a enxurrada invadiu pelo menos três residências, formando um lamaçal dentro das casas e estragando móveis e objetos.

continua após publicidade


O auxiliar de produção Aparecido Rodrigues, residente na Rua Bororó, no Jardim Colonial, foi uma das pessoas que teve a moradia tomada por lama e entulhos durante a madrugada. A via não tem asfalto, o que dificulta o escoamento da água. Os moradores precisaram do auxílio de uma equipe dos Bombeiros para retirar a lama.


“O pessoal da prefeitura veio aqui na quinta-feiras e tampou buracos na rua, que não tem pavimentação asfáltica, mas não compactou a terra. Com chuva forte, a enxurrada trouxa toda essa terra para dentro de casa e tive que fazer um buraco na parede da cozinha para escoar a água com barro”, frisa. Aparecido reclamou muito da situação em razão
das condições em que se encontra. “Fui submetido a transplante de rim há três meses e mesmo assim tive que passar a madrugada limpando a casa. Queremos uma solução efetiva para esse problema, que a cada
chuva volta a nos incomodar”, afirma.

continua após publicidade


A autônoma Maria de Lurdes de Avelar Morais, que é vizinha de Aparecido, também teve a residência invadida pela enxurrada. Segundo ela, quando o Samu vai socorrer alguém na Rua Bororó o paciente é levado no “muque” porque a ambulância não tem condições de trafegar pelo local. “Faz 17 anos que esse problema persiste aqui no Jardim
Colonial e ninguém toma providência para encontrar solução. Quando chove tenho que levar o meu filho de seis anos nas costas para a escola; realmente não há mais condições de morara aqui, só ficamos porque não temos outro lugar para ir e olha que o prefeito é meu padrinho de casamento”, reclama. Para Maria de Lurdes, a solução seria colocar tubulação para escoamento da enxurrada da chuva e pavimentar várias ruas do Jardim Colonial.
 

CASCALHO - Dinalmo Simões, responsável pelo departamento da Secretaria de Obras da Prefeitura que cuida da manutenção de ruas não pavimentadas de Apucarana, confirmou que foi passada niveladora na Rua
Bororó para posterior cascalhamento da via pública. “Isso seria feito hoje (sexta-feira), mas a chuva durante a noite e a madrugada atrapalhou todo o trabalho e complicou a situação. Agora é preciso pelo menos dois dias de sol para retomarmos a execução do serviço”, 
 

disse Dinalmo. Ele acrescentou em breve o programa Viva Apucarana vai chegar ao Jardim Colonial. “As melhorias que faremos no bairro já constam em nosso cronograma”, completou Dinalmo.